Crítica - ‘Rua Gaicurus’: retrato fiel de uma das maiores zonas de prostituição do país

Cotação: três estrelas

divulgação
Credit...divulgação

Estreou nos cinemas nesta semana, nas principais capitais, o documentário ‘Rua Guaicurus’, do diretor mineiro João Borges.

Partindo de uma combinação entre o documental e a encenação, o diretor criou um filme único sobre o universo da prostituição no local que dá título ao longa, que fica em Belo Horizonte. João partiu de longo processo de pesquisa, que começou em 2016, quando participou de uma residência artística, em parceria com a Associação das Prostitutas de Minas Gerais (Aprosmig), realizada nos hotéis de prostituição da rua Guaicurus. Depois disso, ao lado de Marina França, pesquisadora do tema, e Francilins Castilho, fotógrafo e artista plástico, escreveu o projeto para o filme que chega agora aos cinemas.

Um dos maiores desafios que o cineasta enfrentou para fazer ‘Rua Guaicurus’ foi conseguir autorização de clientes e dos donos de hotéis de prostituição para realizar as filmagens para o longa. Por isso ele precisou convidar atores para desempenhar a maioria dos papéis, inspirados nas histórias que foram contadas.

O diretor define a Rua Guaicurus, que existe desde os anos de 1950, como “uma zona moral”. Meio similar à famosa Rua Ceará, nos arredores da Praça da Bandeira, no Rio de Janeiro, para onde foram as prostitutas que migraram da antiga zona do mangue, quando a região se transformou no bairro Cidade Nova.

Uma das atrizes do filme é Elizabeth Miguel, que trabalhou como garota de programa naquela rua entre 2014 e 2017. Ela conheceu o cineasta na época em que João realizava sua pesquisa para o filme. E foi convencida por ele a atuar. Elizabeth consegue ver a Rua Guaicurus muito bem retratada, como ela de fato é. Tudo isso faz do filme um documentário diferente que cativa, por conta de seu jeitão de cinema verdade.

_______

COTAÇÕES: ***** excelente / **** muito bom / *** bom / ** regular / * ruim / bola preta: péssimo.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais