Crítica - ‘Licorice Pizza’: a love story mais bacana do ano

Cotação: quatro estrelas

Foto: divulgação
Credit...Foto: divulgação

Assim como Quentin Tarantino, o diretor americano Paul Thomas Anderson é um ‘filho da geração videocassete’. Ambos cresceram assistindo a filmes clássicos no formato (Tarantino, trabalhava numa videolocadora), o que se reflete em seus filmes. Em comum na obra de ambos, o carinho pelo passado, sobretudo pela cidade em que cresceram, Los Angeles.

Pois PTA volta à sua L.A. da juventude, mais uma vez (já o fez com ‘Boogie Nights’, 1997), com ‘Licorice Pizza’ (que concorre aos Oscars de filme, roteiro e direção). Desde a primeira cena, vemos a fixação que o jovem Gary (Cooper Hoffman, filho do falecido Philip Seymour Hoffman), de 15 anos, tem por Alana (Alana Haim, da banda pop Haim), dez anos mais velha (ambos com cara e jeito de ‘gente normal’). Então, acompanhamos a jornada dos dois: ele, um aspirante a ator, que acaba virando empreendedor; ela ainda sem um objetivo na vida. Seguem juntos, enquanto o amor entre eles vai crescendo, lentamente, nos detalhes -- de acordo com as situações por que passam juntos --, numa Los Angeles do começo dos anos 70.

A reconstituição de época, os lugares e a trilha sonora são construídos com o mesmo carinho e detalhes que Tarantino dedicou ao seu nostálgico ‘Era uma vez... em Hollywood’, que se passa no final dos anos 1960. Acompanhamos Gary e Alana pelo vale de San Fernando, quando o mundo era bem diferente. E Gary, sobretudo, vai amadurecendo como homem, já que Alana é mais velha e bem mais despachada.
O resultado é a ‘love story’ mais bacana do ano, num filme igualmente delicioso que não para de nos encantar. E que ainda conta com participações impagáveis de Sean Penn e Bradley Cooper.

Melhor filme do Oscar 2022!

 

_______

COTAÇÕES: ***** excelente / **** muito bom / *** bom / ** regular / * ruim / bola preta: péssimo.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais