Crítica: ‘Velozes & Furiosos 9’: o filme mais absurdo e divertido da série

Cotação: 3 estrelas

Foto: divulgação
Credit...Foto: divulgação

Estreou no Brasil, México, Estados Unidos e Reino Unido, esta semana, depois de amealhar mais de US$300 milhões ao redor do planeta, o mais novo (e absurdo) filme da série “Velozes & Furiosos”. Batizado apenas “F9”, no original, ele traz as cenas mais inacreditáveis, e a trama mais rocambolesca que se pode imaginar, tornando este capítulo um mix de filme de James Bond com algum “Missão Impossível”, beirando o nonsense do desenho animado.

Já começa que, do nada (após uma breve introdução em flashback), descobrimos que Dom Toretto (o massaranduba Vin Diesel) tem um irmão, jamais citado em qualquer dos filmes anteriores! Este, Jakob (feito pelo astro da luta livre americana, o marombeiro John Cena), tem uma mal resolvida treta com Dom desde os tempos de adolescente, numa parada que teria matado o pai de ambos durante uma corrida de automóveis. Assim, Jakob saiu de cena e, agora, reaparece para uma vingança maligna contra Dom e seus amiguinhos fanáticos por carros, velocidade, ação e adrenalina.

Acha que isso é tudo? Não é nem a metade. Além de uma trama que envolve um artefato mágico (quase ao estilo Marvel), um supermagneto que arrasta tudo pela frente, um afetado vilão europeu, Charlize Theron numa jaula hi-tech e Helen Mirren barbarizando ao volante, o filme ainda traz de volta dos mortos o personagem Han (Sung Kang), e manda para o espaço (!) a dupla malandra Tej (o rapper Ludacris) e Roman (Tyrese Gibson). Este último, hilariamente, desenvolve a tese de que eles são invencíveis, que podem fazer qualquer coisa que ninguém morre, apenas sai com as roupas rasgadas. Hahahaha!

No fim das contas, além de trazer cenas inacreditáveis (pra rir alto na sala), “Velozes & Furiosos” é, desde o começo, uma série superfamília (a palavra ‘família’ é dita incontáveis vezes), já que a trupe, além do irmão misterioso de Dom, tem sua irmã, Mia (a brasileira Jordana Brewster), Letty (Michelle Rodriguez), namorada de Dom, e um monte de agregados. Se sentiu falta de alguém, Jason Statham aparece na cena pós-créditos. E, na última cena, eles fazem uma refeição, aguardando a chegada de um personagem muito importante da série. Afinal, para eles, NADA É IMPOSSÍVEL!

_______

COTAÇÕES: ***** excelente / **** muito bom / *** bom / ** regular / * ruim / bola preta: péssimo.