Prêmio de teatro da APTR será entregue nessa segunda, no Rio

Os espetáculos mais indicados ao Prêmio APTR de Teatro são: ‘Em nome da mãe’ (RJ), ‘Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias’ (RJ), ‘Medeia por Consuelo de Castro’ (SP), ‘Aquilo que não se pode falar’ (RJ) e ‘Dora’ (SP). A 16ª edição contemplará peças teatrais virtuais de todo o país realizadas em 2021

Foto: divulgação
Credit...Foto: divulgação

Após dois anos de pandemia, o Prêmio APTR de Teatro voltará a ter público presencial e acontecerá nessa segunda (6), às 20 horas, no Teatro Claro Rio, em Copacabana. A premiação também terá transmissão on-line pelas redes sociais da APTR e do Prisma Estúdio. A direção artística é assinada por Bianca de Felippes e Eduardo Barata.

Trinta e sete peças concorrem em 15 categorias, e os vencedores serão escolhidos pelo júri, exceto nos prêmios Especial - membros da comissão; e de Produção - associados da APTR escolhem o ganhador.

Os atores Cris Vianna e Eduardo Moscóvis apresentarão a cerimônia. Quarenta jovens da Orquestra Maré do Amanhã, regida pelo maestro Filipe Köchem, estarão no palco acompanhando musicalmente toda festa. 

Suely Franco, António Pedro, Miriam Mehler e Emiliano Queiroz são os atores homenageados deste ano. Haverá um número musical celebrando o centenário de nascimento de Bibi Ferreira. Ana Carbatti, Ana Paula Black, Bruce Gomlevsky, Édio Nunes, Izabella Bicalho, Letícia Sabatella, Letícia Soares,
Lilian Valeska, Luiza Loroza, Sérgio Loroza, Vilma Melo e Coletivo Negra Palavra participarão da noite com performances musicais e poéticas.

'Em nome da mãe', do RJ, dramaturgia de Suzana Nascimento, com direção de Miwa Yanagizawa, está indicado em: direção, cenografia, figurino, iluminação, música, atriz em papel protagonista e espetáculo.

'Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias', do RJ, texto de Matéi Visniec, com direção de Fernando Philbert, concorre em: direção, cenografia, figurino, iluminação, música e ator em papel coadjuvante.

Os espetáculos 'Medeia por Consuelo de Castro, de SP, 'Aquilo que não se pode falar', do RJ, e 'Dora', de SP, concorrem, cada um, em quatro categorias. Veja lista de indicados e categorias abaixo.

O júri do 16º Prêmio APTR de Teatro é formado por Bia Radunsky, Carmen Luz, Daniel Schenker, Lionel Fischer, Macksen Luiz, Maria Siman, Tania Brandão e Wagner Correa. A Comissão é constituída por: Bianca De Felippes, Eduardo Barata, Gaby de Saboya, José Carlos Vêdova, Márcia Dias, Maria Angela Menezes e Marta Paret.

 

LISTA DE INDICADOS PELO JÚRI

Autor:
Consuelo De Castro - "Medeia por Consuelo De Castro"
Guilherme Gonzalez - "Rainha"
Júlia Spadaccini e Marcia Brasil - "Angustia-me"
Luiz Marfuz - "A filha da monga"
Pedro Bertoldi - "A última negra"

 

Direção:
Fernando Philbert -"Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias"
Gabriel Fernandes e Bete Coelho -"Medeia por Consuelo de Castro"
Marcos Damaceno - "Árvores abatidas ou para Luis Melo"
Miwa Yanagizawa - "Em nome da mãe"
Vinicius Arneiro - "Aquilo de que não se pode falar"

 

Cenografia:
Analu Prestes - "Sonhos para vestir"
Desirée Bastos - "Em nome da mãe"
Luciano Wieser - "A última invenção"
Natalia Lana - "Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias"
Sara Antunes - "Dora"

 

Figurino:
Desirée Bastos - "Em nome da mãe"
Kabila Aruanda - "Sonhos para vestir"
Marieta Spada - "Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias"
Simone Mina e Carol Bertier - "Gaivota"
Quitéria Kelly - "A frasqueira de Jacy"

 

Iluminação:
Elisa Mendes - "Em nome da mãe"
Waldo León - "Árvores abatidas ou para Luis Melo"
Renato Machado - "Vozes do silêncio"
Vilmar Olos - "Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias"
Wagner Antônio - "Dora"

 

Música:
Barulhista - "Ficções sônicas 02"
Federico Puppi - "Em nome da mãe"
Felipe Storino - "Aquilo de que não se pode falar"
Luciano Salvador Bahia - "A filha da Monga"
Marcelo Alonso Neves - "Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias"

 

Ator em papel Coadjuvante:
Alexandre Mitre - "Conectados"
Eduardo Ramos - "Psicose 4h48"
Joelson Medeiros - "Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias"
Osvaldo Mil - "Pão e circo"
Thadeu Matos - "Conectados"

 

Atriz em papel Coadjuvante:
Luiza Curvo - "Gaivota"
Márcia Do Valle - Luíza Mahin - "Eu ainda continuo aqui"
Maria Esmeralda Forte - "Meu filho só anda um pouco mais lento"

 

Ator em papel Protagonista:
Claudio Mendes - "Lições dramáticas por João Caetano"
Filipe Codeço - "Aquilo de que não se pode falar"
Henrique Fontes - "A frasqueira de Jacy"
Luis Lobianco - "Macbeth 2020"
Sérgio Rufino - "Rainha"

 

Atriz em papel Protagonista:
Bete Coelho - "Medeia por Consuelo de Castro"
Carolina Virgüez - "Vozes do silêncio"
Rosana Stavis - "Psicose 4h48"/"Árvores abatidas ou para Luis Melo"
Sara Antunes - "Dora" / "Sonhos para vestir"
Suzana Nascimento - "Em nome da mãe"
Vilma Melo - "Mãe de santo"

 

Espetáculo:
"Aquilo de que não se pode falar"
"Dora"
"Em nome da mãe"
"Ficções sônicas 02"
"Medeia por Consuelo de Castro"
"Vozes do silêncio"

 

Jovem Talento – Troféu Manoela Pinto Guimarães:
Elenco - "Invencíveis"
Elenco - "Revolução na América do Sul"
Felipe Frazão - "Meu filho só anda um pouco mais lento"
Lucas Andrade - "Ficções sônicas 02"
Yumo Apurinã - "Por detrás de o balcão"

 

LISTA DE INDICADOS POR MEMBROS DA COMISSÃO

Espetáculo Infanto-Juvenil:
"A menina Akili e seu tambor falante, o musical" - Autor: Verônica Bonfim| Direção: Rodrigo França

"Ah, se La Fontaine estivesse por aqui..." - Autor: Denise Crispun| Direção: Marta Paret

"Cabelos arrepiados" - Autor: Karen Acioly| Direção: Tércio Silva

"Na borda do mundo" - Autor: Cecília Ripoll Direção: Bando de Palhaços com supervisão cênica de Luiz Carlos Vasconcelos

"Papelê - uma aventura de papel" - Autor: Dramaturgia de Max Reinert a partir de processo colaborativo de criação| Direção: Max Reinert

"Quase de verdade" - Autor: Clarice Lispector| Direção coletiva: Carol Badra, Débora Duboc, Gpeteanh, Marco Lima e Petrônio Gontijo

 

Categoria Especial:
Ana Beatriz Nogueira - Pelo projeto Teatro Sem Bolso.

Produção:
"Zaquim - o musical" - Aventura Teatros Ltda
"Pinóquio" - Cia Pequod - Teatro De Animação
"O dragão" - Companhia Ensaio Aberto
"Coração de campanha" - Niska Produções Culturais Ltda.

 

FICHA TÉCNICA:

Orquestra Maré do Amanhã:

Maestro: Filipe Köchem
Arranjos: Raphael Muniz
Músicos: Pither Bazaga - Spalla
Isabella Mendonça - Concertino
David Vicente - Violino 1
Wenio Amorim - Violino 1
Samuel Cristóvão - violino 1
Melquisedeque Osborn- Violino 1
Ana Beatriz Santos- Violino 1
Giovanna Crespo - Violino 1
Jonas Lima - Violino 2
Juliana Aguiar - Violino 2
Caio Fiamma- Violino 2
Kauê Silva - Violino 2
Gabriel Farias - viola
Matheus Silvestre - Viola
Douglas Martins - Viola
Marcelo Antonio - Viola
Daniel Carvalho - Cello
Amanda Magalhães - Cello
Débora Choi - Cello
Eduarda Ferreira - Cello
Myllena Rosário - Cello
Estefany Grativol - Cello
Adriano Silva - Cello
Bruno Costa - Baixo
Vinícius Pereira - Baixo
Thalia Carvalho - Baixo
Cristiano Souza- Flauta 1
Guilherme Bazaga - Flauta 1
Maria Eduarda Paz- Flauta 2
Gabriel Costa - Percussão
Allan Santos - Percussão

Produção: Carlos Eduardo Prazeres, Mônica Cardoso, Simone Nascimento,
Marcos Vinícios Teixeira, Marco Brendon e Alessandra Figueiredo

Negra Palavra:
Poesia: Caetano Veloso
Elenco: Adriano Torres, André Américo, Eudes Veloso, Jorge Oliveira, Leá Cunha,
Lucas Sampaio, Raphael Elias, Rodrigo Átila e Thiago Hypólito.
Figurinos: Raphael Elias.
Direção Musical: André Muato
Direção De Movimento: Orlando Caldeira.
Direção Artística: Renato Farias.

Prêmio:
Roteiro: Thereza Falcão
Direção Artística: Eduardo Barata e Bianca de Felippes
Apresentadores: Cris Vianna e Du Moscovis
Direção de Produção: José Carlos Vedova
Coordenadores: Gaby de Saboya, Márcia Dias, Maria Angela Menezes e Marta Paret
Iluminação: Dani Sanches
Figurinista: Humberto Corrêa

Vídeografismo: Rico e Renato Vilarouca e Wallace Cardia
Designer - Inscrições e site APTR: Alexandre Furtado
Programação Visual: Flavia Castro
Texto Programa: Daniela Pereira de Carvalho
Transmissão: Prisma
Multiplataforma: Gaby de Saboya e Richard Johansen
Design de Troféu APTR: Daniel de Jesus e Isabela Taylor.
Design Troféu Manoela Pinto Guimarães: Raul Mourão
Redes Sociais: Luiz Schiavinato Valente, Anita Boa Vida e Wynne Mello

Assessoria de comunicação: Os Javalis Selvagens
Visagismo: Fernando Ocazione
Fotógrafa: Cristina Granato
APTR Produção de base: Ronaldo de Oliveira
Controller: Gabriela Newlands
Direção de Cena: Lucia Martinusso
Técnico de Som: Leonardo Costa
Operador de Som: João Paulo
APTR Escritório de contabilidade: CONTARQ contabilidade
Som: OPSOM Equipamentos
Teleprompter: TP Carioca

 

SERVIÇO: 16º Prêmio APTR de Teatro / Apoio: Instituto Cultural Vale, Itaú Cultural, Prima Estúdio e Teatro Claro / Local: Teatro Claro Rio / Endereço: Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana / Data: 6 de junho de 2022 / Horário: 20h.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais