Clássicos protagonizados por mulheres marcantes são reunidos em novo box da Nova Fronteira

...

Foto: divulgação
Credit...Foto: divulgação

As populares e atemporais histórias de alguns dos maiores nomes do universo literário do século XIX ganham uma edição especial pela Nova Fronteira. O box Grandes escritores da literatura francesa reúne três clássicos protagonizados por mulheres marcantes: "A mulher de trinta anos", de Honoré de Balzac; "A dama das camélias", de Alexandre Dumas Filho; e "Madame Bovary", de Gustave Flaubert.

Em "A mulher de trinta anos", Balzac conta a história de Júlia, uma mulher oprimida pelas obrigações sociais da França oitocentista. Mesmo em meio às difíceis condições femininas da época, a protagonista vê a possibilidade de independência, ao mesmo tempo em que consegue viver um grande amor. Tamanha foi a importância desta célebre obra para a literatura francesa que ela originou o termo “balzaquiana”, usado até hoje. Como observa Luisa Geisler no prefácio desta edição, traduzida por Marques Rebelo, “Balzac consagrou-se como um dos pais do realismo francês, abordando temas novos de uma maneira nova.”

No livro "A dama das camélias", de Alexandre Dumas Filho, o leitor conhece Armand Duval, membro de uma tradicional família francesa que vive um romance impossível e intenso com Marguerite Gautier, a cortesã mais desejada dos salões parisienses. A obra tece críticas à sociedade da época enquanto aborda o amor e os preconceitos vividos pelos personagens. A trama já foi adaptada para o teatro e o cinema diversas vezes, e serviu de base para La traviata, de Giuseppe Verdi, uma das óperas mais famosas do mundo. Nesta nova edição, com tradução de Marina Guaspari, o prefácio é da professora Maria Lúcia Dias Mendes.

Fechando o box, "Madame Bovary", obra máxima de Gustave Flaubert, traz a jovem Emma Bovary, que está afundada em um casamento infeliz. Desiludida e solitária, a personagem percebe que a vida na alta sociedade não é como imaginava e chega a extremos para tentar sentir-se mais viva, se envolvendo em vários casos extraconjugais. Com este livro — que chocou a França quando publicado pela primeira vez, em 1856 —, Flaubert construiu uma narrativa muito à frente do seu tempo e se consagrou como um dos mestres do realismo francês. “Por isso, passado mais de um século e meio da publicação do romance, Madame Bovary continua atual, apontando para a insatisfação do desejo, um desejo que se desloca de objeto em objeto sem nunca encontrar seu pouso”, destaca a escritora Carola Saavedra no prefácio desta edição, traduzida por Sérgio Duarte.

A coletânea especial Grandes escritores da literatura francesa é indispensável aos apreciadores de bons romances e chega também para encantar mais uma geração de leitores, que poderá conhecer alguns dos mais brilhantes autores que fizeram história através das palavras.

Grandes escritores da literatura francesa
(Box com 3 volumes)
De Honoré de Balzac, Alexandre Dumas Filho e Gustave Flaubert
A mulher de trinta anos – 216 páginas
A dama das camélias – 232 páginas
Madame Bovary – 352 páginas
R$ 219,90
Editora Nova Fronteira / Link para compra

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais