'Milagre na Caverna', a história que comoveu o mundo

Filme fala do grupo de 12 meninos e seu técnico de futebol que desapareceram em uma caverna na Tailândia; diretor falou ao JB com exclusividade

Foto: divulgação/A-2 Filmes
Credit...Foto: divulgação/A-2 Filmes

Em 23 de junho de 2018, um fato ocorrido na Tailândia comoveu o mundo. Um grupo de 12 meninos com idades entre 11 e 16 anos, e seu técnico de futebol, desapareceram em uma caverna no país. Após nove dias, foram encontrados com vida, mas em uma área de acesso muito difícil.

Começou então uma corrida contra o tempo. Fora da caverna, uma grande operação de buscas foi rapidamente montada. Autoridades convocaram a unidade de elite da Marinha tailandesa, a polícia nacional, e organizaram equipes com centenas de voluntários locais e de todo o mundo que se ofereceram para ajudar no resgate.

Uma dificuldade é que os mergulhadores precisavam tirar os meninos da caverna antes que fortes chuvas a inundassem e tornassem impossível sua saída. Assim, a tentativa de retirá-los o mais rápido possível foi feita, mas só aconteceu 15 dias depois, quando os quatro últimos garotos e o técnico conseguiram deixar o local.

Esse drama é narrado no filme “Milagre na Caverna” (The Cave), do cineasta Tom Waller, que agora chega às plataformas digitais.

Baseado no livro de Don Linder e Katrina Grose, o elenco conta com Jim Warny, Ekawat Niratvorapanya, James Edward Holley, Nopadol Niyomka, Jumpa Saenprom, Tan Xiaolong, Todd Ruiz e Treechada Petcharat.

Em entrevista exclusiva ao JORNAL DO BRASIL, Waller disse que queria fazer um filme destacando justamente o espírito voluntário do resgate, com ênfase na história não contada de homens e mulheres que participaram da missão de salvar o time de futebol.

“Eram pessoas comuns que se tornaram heróis, e a mensagem de esperança e unidade que todo esse incidente representou me deu um desejo ardente de contar suas histórias de uma forma autêntica”, afirmou o diretor, revelando que muitos deles estão no filme.

“Por isso apresento alguns dos verdadeiros participantes do resgate vivendo o papel de si mesmos”, completou.

Sobre o maior desafio para realização de “The Cave”, Waller contou que foi fazer um filme sobre uma história real, da qual quase todos conheciam o desfecho.

“Muitas pessoas acompanharam as notícias em todo o mundo quando o incidente ocorreu. É difícil manter o suspense quando todos sabem que as crianças saem vivas no final. Manter esse elemento de surpresa foi um grande desafio”, explicou Waller, complementando que, além disso, filmar em cavernas reais era um perigo também real.

“O desafio que enfrentamos ao fazer este filme foi também tentar permanecer autêntico e filmar em locações e, ao mesmo tempo, mantendo elenco e equipe a salvo”, ressaltou, informando detalhes das filmagens.

“Algumas cenas tiveram que ser recriadas em um ambiente mais controlado, o que significou a construção de grandes cenários em cavernas para filmagens que pudessem retratar as passagens inundadas do Parque Florestal Tham Luang e permitir que nosso elenco encenasse o resgate de forma convincente”, concluiu o cineasta de 47 anos nascido em Bankok, na Tailândia.

“Milagre na Caverna” é um filme inspirador que, além de registrar um fato impressionante mostra que, quando todos trabalham juntos, um resultado tão fundamental como esse pode ser alcançado.