Celebrando a vida e a obra de Clodovil Hernandes, solo 'Simplesmente Clô' anuncia temporada no Rio

.

Foto: Claudia Martini/divulgação
Credit...Foto: Claudia Martini/divulgação

Marcando o retorno gradual das atividades e equipamentos culturais na cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Martini estreia na próxima quinta (20), “Simplesmente Clô”, monólogo sobre a vida e a obra do inesquecível estilista e apresentador de TV Clodovil Hernandes (1937-2009), escrito pelo jornalista e dramaturgo Bruno Cavalcanti e dirigido pela atriz e diretora Viviane Alfano.

Obedecendo às restrições e tomando todos os cuidados e orientações para evitar o contágio do novo coronavírus, o espetáculo cumprirá temporada às quintas-feiras no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea, sempre às 20h.

Na obra, Clodovil realiza um inventário de sua vida e suas criações ao longo de mais de 40 anos de carreira, mesclando criações pioneiras na moda, o sucesso na televisão e o êxito em seu primeiro mandato como deputado federal, enquanto se depara com lembranças de sua vida e fatos pouco conhecidos do público.

“O Clodovil era tão amado quanto odiado pelas pessoas, não tinha um meio termo. E nós não fugimos de nada disso. A ideia é mostrar essa personagem tão rica e contraditória sem jamais buscar uma redenção. Ele não gostaria disso”, declara Eduardo Martini, que conviveu com o estilista e há anos tinha o desejo de homenageá-lo no teatro.

Em cena, Martini conta com a reprodução de modelos exclusivos desenhados por Hernandes, com quem mantinha uma relação próxima de amizade. A obra é a primeira a homenagear o estilista no teatro 12 anos após sua morte, vítima de um AVC, em Brasília.

“Essa peça é uma vontade muito antiga. O Luiz Carlos Góes e eu tínhamos a ideia de montar um projeto assim, mas não deu tempo. Anos depois, num jantar, o Bruno Cavalcanti apareceu com essa proposta e eu fiquei impressionado porque ninguém sabia desse meu desejo, foi uma coisa muito natural”.

Para o autor, a ideia do espetáculo é dar continuidade a um trabalho de resgate à memória de figuras da memória nacional. “O Clodovil foi uma escolha natural, porque a ideia é levar a plateia numa viagem não só pela vida dessa pessoa, mas também, e principalmente, traçar um panorama sobre as épocas em que viveu, com as pessoas que conviveu e o que fez de importante para a construção cultural do Brasil”, declara.

“Simplesmente Clô” marca não apenas o retorno de Martini ao palco, mas também o reencontro do ator com Cavalcanti. Há quatro anos, eles iniciaram uma parceria teatral com a montagem da comédia “Papo com o Diabo”, dirigida por Elias Andreato. A dupla ainda planeja a montagem de outros três espetáculos até 2022.

“É bastante especial voltar em um projeto como esse, marcando uma parceria como essa. O Clodovil, tenho certeza, será um marco muito grande na minha carreira e para as pessoas que assistirem. Não tem como não se emocionar”, finaliza Martini.

SERVIÇO: Simplesmente Clô / Data: 20 de maio a Julho (quintas-feiras) / Local: Teatro das Artes - Rio de Janeiro (RJ) / Endereço: Rua Marquês de São Vicente 52 - Gávea (dentro do Shopping da Gávea) / Horário: 20h / Preço do ingresso: R$ 40,00 (meia) a R$ 80,00 (inteira) / Link para venda.