POLÍTICA

Abin paralela: ministros, parlamentares e autoridades bolsonaristas estão na lista de espionados; confira

Reportagem de Túlio Amâncio revela que arapongagem montada supostamente montada por Carlos Bolsonaro e Ramagem mirava não só opositores, mas também seus próprios aliados

Por JORNAL DO BRASIL com Revista Fórum
[email protected]

Publicado em 03/02/2024 às 07:54

Alterado em 03/02/2024 às 11:27

[Bolsonaro] Espionando adversários clandestinamente Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Ivan Longo - A chamada "Abin paralela", esquema de arapongagem ilegal que teria sido montada na Agência Brasileira de Inteligência (Abin) durante o governo Bolsonaro e que seria comandado pelo ex-diretor do órgão, Alexandre Ramagem, e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), além de ter monitorado ao menos 30 mil brasileiros de forma clandestina, teria espionado até mesmo aliados.

Segundo investigações da Polícia Federal (PF), que deflagrou operações de busca e apreensão contra Ramagem e Carlos Bolsonaro, o intuito do esquema criminoso seria monitorar ilegalmente opositores ao governo Bolsonaro para atender a interesses pessoais. O filho do ex-presidente, inclusive, seria abastecido com informações obtidas pela "Abin paralela" sobre inquéritos e investigações contra sua família.

Reportagem do jornalista Túlio Amâncio, da Band, publicada nesta sexta-feira (2), entretanto, mostra que aliados do governo Bolsonaro também teriam sido monitorados ilegalmente através do software espião israelense utilizado no esquema de arapongagem ilegal. O repórter obteve tais informações a partir de relatos de fontes ligadas à investigação.

Estão na lista dos espionados ministros do antigo governo, governadores, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), parlamentares e outras autoridades.

Veja abaixo a relação dos monitorados pela 'Abin paralela'

Ministros de Bolsonaro

Abraham Weintraub
Anderson Torres
Flávia Arruda
General Carlos Alberto dos Santos Cruz

Ministros do STF

Luís Roberto Barroso
Gilmar Mendes
Alexandre de Moraes

Senadores (todos oposição que participaram da CPI da Covid)

Otto Alencar
Soraya Thronicke
Renan Calheiros
Rogério Carvalho
Omar Aziz
Humberto Costa
Randolfe Rodrigues
Simone Tebet
Alessandro Vieira

Deputados Federais

Kim Kataguiri
Alexandre Frota
Rodrigo Maia

Governadores

Joao Doria
Camilo Santana

Tags: