POLÍTICA

Brasil divulga calendário de reuniões do G20

Estão previstos mais de 120 eventos durante presidência do país

Por POLÍTICA JB
[email protected]

Publicado em 09/12/2023 às 11:26

Última cúpula do G20 Foto: Ansa

O Brasil anunciou o calendário de atividades para o G20, grupo que reúne os 19 países mais industrializados do mundo, a União Europeia e, a partir deste ano, a União Africana.

No último dia 1º, o país assumiu a presidência rotativa do bloco pela primeira vez no formato atual.

A agenda é composta por mais de 120 eventos distribuídos ao longo do ano em diversas cidades-sede do país, e inclui 93 reuniões técnicas, 26 videoconferências, 10 encontros de vice-ministros e 23 reuniões ministeriais.

O Rio de Janeiro receberá duas reuniões de cúpula: a social e a dos chefes de Estado e de Governo, com líderes dos países do G20 e dos países convidados.

As reuniões começarão entre os dias 11 e 15 de dezembro, em Brasília, no Palácio Itamaraty.

No dia 13, o destaque será o encontro inédito das Trilhas de Sherpas e de Finanças, em uma reunião conjunta unindo as pautas políticas e financeiras.

Em janeiro e fevereiro serão realizadas 19 reuniões, principalmente por videoconferência. Nos meses seguintes, a ênfase será em encontros presenciais nas cidades-sede.

Nos dias 21 e 22 de fevereiro será realizada a primeira reunião dos chanceleres do G20, no Rio de Janeiro. O encontro será liderado pelo ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira.

Nos dias 28 e 29, São Paulo sediará a reunião ministerial da Trilha de Finanças, com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Estão previstos ainda oito encontros em cidades fora do Brasil: Atlanta, Washington e Nova York (EUA), Genebra (Suíça) e Bruxelas (Bélgica).

O G20 responde por cerca de 85% do PIB mundial, 75% do comércio internacional e 2/3 da população mundial. (com Ansa)

Tags: