ARTIGOS

Dificuldade política

Por TARCISIO PADILHA JUNIOR

Publicado em 03/04/2024 às 10:57

Alterado em 03/04/2024 às 10:57

Não se vira de um
fim em um meio
                                    Lorde Acton



Países que enviam mais jovens para a faculdade nas economias modernizadoras tendem a crescer rapidamente.

À medida que os países avançam nesse processo, precisam de capital humano capaz de assumir riscos em um ambiente de incerteza.

Um capital que utiliza as habilidades analíticas, comunicacionais e organizacionais para diferentes propósitos.

Quando os mais bem formados se tornam numerosos, e acumulando habilidades, eles difundem profundamente valores pela sociedade.

Não se trata de dispor de cada vez mais informações, mas de aumentar a capacidade de interpretá-las a contento.

Dizem como indivíduos percebem e vivem acontecimentos, especialmente num ambiente de polarização política pela conveniência eleitoral.

As alternativas políticas ficam assim limitadas, enfraquecem eleições como um mecanismo de decisão coletiva.

Mundo cada vez mais interligado nas próximas décadas, cumpre compartilhar informações e coordenar respostas entre democracias genuínas.

"A grande virtude da democracia é sua capacidade de admitir e corrigir erros", disseram S. Guriev e D. Treisman.

Dificuldade política de exercê-la obriga à reflexão sobre a necessidade de instituições que confrontem tendências conflitantes hoje no |País.

Engenheiro, é especialista em gestão de pequenos empreendimentos