DIREITOS HUMANOS

Cantora Luciane Dom relata que teve seu cabelo black power revistado em aeroporto do Rio: "meu dia acabou"

Por JORNAL DO BRASIL com site Mundo Negro
[email protected]

Publicado em 15/12/2023 às 07:52

Alterado em 15/12/2023 às 07:52

Luciane Dom Reprodução

Arthur Anthunes - Nesta quinta-feira (14), a cantora e compositora Luciane Dom utilizou as redes sociais para relatar que foi vítima de racismo ao ter o seu cabelo revistado no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. “Chego no aeroporto Santos Dumont e sou parada por uma ‘revista aleatória’, minutos antes de embarcar”, conta ela. Segundo ela, uma funcionária se aproximou e pediu para revistar seu cabelo. “A mulher me diz ‘tenho que olhar seu cabelo’. Eu olho pra ela aterrorizada com a violência desse ato. Ela chama o superior. Meu dia acabou”, contou.

A Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, se manifestou e disse que está investigando o caso. “Lamento o ocorrido com a Luciane Dom no aeroporto Santos Dumont, no RJ. Infelizmente, casos como esses não são pontuais. Nosso corpo e nosso cabelo precisam ser respeitados. A equipe do Ministério da Igualdade Racial já está se mobilizando para entender e acompanhar o caso”, informou ela.

Nas redes, Luciane lamentou o ocorrido. “As coisas nunca são suaves para pessoas como eu. Queria ao menos ter ânimo e cabeça pra continuar divulgando o som e falando o que eu tava falando durante a semana.. queria estar leve! Mas não”, destacou. “Eu trabalho com arte, criando possibilidades e imaginários diferentes, fazendo pessoas sonharem… me fazendo acreditar na mudança. Queria ao menos ter ânimo e cabeça pra continuar divulgando o som e falando o que eu tava falando durante a semana.. queria estar leve! Mas não“.

 

Tags: