França exigirá teste negativo para viajantes de 6 países europeus

Medida afeta cidadãos não vacinados e quer frear avanço de casos

Foto: Yoan Valat
Credit...Foto: Yoan Valat

A França anunciou neste sábado (17) que, a partir da próxima segunda-feira (19), viajantes não vacinados do Reino Unido, Espanha, Portugal, Chipre, Grécia e Países Baixos precisarão apresentar um teste negativo para a Covid-19 realizado em menos de 24 horas.

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro do país, Jean Castex, e visa frear o avanço dos casos que vem sendo registrados nos últimos dias.

"Ao mesmo tempo e como as vacinas são eficazes contra o coronavírus, especialmente sobre a variante Delta, as restrições que pesam sobre os viajantes totalmente vacinados com uma vacina reconhecida pela Agência Europeia de Medicamentos (Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen) serão levantadas a partir deste sábado, 17 de julho, seja qual for seu país de procedência", acrescentou Castex.

A França ainda anunciou a inclusão de mais países na chamada "lista vermelha", ou seja, onde os viajantes só podem entrar no território se tiverem um motivo comprovado. Cuba, Indonésia, Moçambique e Tunísia entraram na classificação do governo. No caso daqueles que comprovarem a necessidade, vacinados ou não, precisam realizar uma quarentena de sete dias.

Assim como outros países europeus, a França vem registrando uma alta diária nos casos - que passam dos 10 mil - mesmo com a vacinação acelerada. O motivo apontado por especialistas é a flexibilização das regras sanitárias e a disseminação da variante Delta, que consegue escapar naqueles que tomaram ao menos uma dose.(com agência Ansa)