Cardiologista faz alerta para os cuidados com o coração da mulher

...

As doenças cardiovasculares são o motivo número um de morte em mulheres. Elas causam uma a cada três mortes de mulheres anualmente, o que significa uma vida perdida por minuto, segundo dados divulgados pela American Heart Association, organização sem fins lucrativos, sediada nos Estados Unidos, que providencia cuidados cardíacos visando reduzir lesões e mortes causadas por doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral.

De acordo com Dra. Paola Emanuela Poggio Smanio, cardiologista e gestora médica do Centro Diagnóstico do Grupo Fleury, o maior adversário da saúde cardiológica feminina é o desconhecimento. “Mulheres, geralmente, chegam à menopausa ignorando o fato de que essa fase exigirá mais cuidados, por ser um período marcado por mudanças hormonais e metabólicas, ganho de peso e aumento dos níveis de colesterol. Na menopausa, quando o nível de estrogênio cai, à proporção que aumentam os riscos de eventos cardiovasculares”, analisa. No entanto, acrescenta a cardiologista, é sabido que esse cenário pode mudar com a identificação precoce de quem está sob maior risco, mudança dos hábitos de vida e, principalmente, não menosprezando os sintomas quando presentes.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais