MODA

Prada supera expectativa e registra salto no faturamento em 2023

Resultado foi puxado pela China, maior mercado do grupo italiano

Por MODA JB
[email protected]

Publicado em 09/03/2024 às 09:43

Alterado em 09/03/2024 às 09:43

Prada na Semana de Moda de Milão 2023 Foto: reprodução

O grupo italiano Prada encerrou o ano de 2023 com receitas líquidas de 4,7 bilhões de euros, um salto de 13% no câmbio atual ante 2022, aumento impulsionado pela demanda pelas marcas Prada e Miu Miu.

As vendas do varejo chegaram a 4,2 bilhões, em crescimento constante (demonstrado pelo melhor desempenho no quarto trimestre) e graças ao aumento das aquisições na China, maior mercado da empresa.

O lucro líquido teve uma alta de 44%, chegando a 671 milhões, enquanto o lucro operacional (Ebit) foi de 1,06 bilhão de euros, alta de 37%.

O Conselho de Administração propôs uma assembleia para 24 de abril para a distribuição de dividendos de 0,137 euro por ação (ante 0,11 em 2022).

Em nota, o grupo diz que 2023 foi, para a grife Prada, “um ano de progressos, caracterizado por um forte desejo pela marca, uma significativa evolução da organização e uma execução atenta da estratégia”.

“Os desfiles e as coleções registraram grande aprovação, confirmando o sucesso dos códigos criativos da marca e sua relevância”, diz a nota do grupo.

“A marca Miu Miu atingiu resultados importantes. O forte ‘momentum’ permitiu aumentar a visibilidade e a demanda, gerando uma excelente resposta comercial em todas as categorias de produto”, explicou a casa de moda. (com Ansa)

Tags: