Bens de Lula bloqueados na Lava Jato são liberados pelo STF

Decisão da 2ª Turma do Supremo determinou o desbloqueio do patrimônio do ex-presidente, que já acumula 22 vitórias na Justiça após um dos casos da lawfare mais notório do mundo, conduzido pelo ex-juiz Sergio Moro

Foto: Folhapress
Credit...Foto: Folhapress

Henrique Rodrigues, Revista Forum: A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, na tarde desta sexta-feira (26), que os bens do ex-presidente Lula bloqueados no âmbito da Operação Lava Jato devem ser liberados imediatamente. O julgamento virtual havia começado há uma semana (19), após uma longa pausa por conta do pedido de vista do ministro Ricardo Lewandowski, que ao devolver o processo decidiu em favor do petista.

O relator da ação, Edson Fachin, votou contra o desbloqueio, mas foi vencido pelos votos favoráveis à liberação de Gilmar Mendes e Nunes Marques. A 2ª Turma tem um integrante a menos, em decorrência da aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello, que ainda não foi substituído.

Mesmo com todas as decisões da corte mais alta do Judiciário brasileiro que anularam as condenações de Lula e retiraram o foro dos processos de Curitiba (PR), o juiz Luiz Antônio Bonat, da vara federal da capital paranaense, manteve o bloqueio, descumprindo as ordens do STF.

O ministro Ricardo Lewandowski chegou a frisar em seu voto que o magistrado do Paraná não poderia ter tomado tal atitude, em conflito com as determinações da Suprema Corte.

 

MATÉRIA COMPLETA



Decisão da 2ª Turma do Supremo determinou o desbloqueio do patrimônio do ex-presidente, que já acumula 22 vitórias na Justiça após um dos casos da lawfare mais notório do mundo, conduzido pelo ex-juiz Sergio Moro
Lula segue na liderança


Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais