Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014
Rock in Rio 2011

Rock in Rio divulga balanço geral de mega evento

Números surpreenderam organizadores do festival e seus parceiros

Jornal do Brasil

Foram quase 100 horas de festival ao longo de sete dias e um público de 700 mil pessoas presentes na Cidade do Rock para acompanhar de perto as mais de 160 atrações do Rock in Rio, que voltou à sua cidade natal após 10 anos. Mas o sucesso do evento, segundo os organizadores, também pode ser avaliado pelos 180 milhões de internautas de 200 países que acompanharam o festival por intermédio do site oficial e das ações nas redes sociais em toda internet. O balanço econômico do festival demonstra os "inúmeros benefícios" que o evento trouxe não apenas para as empresas parceiras como também para a cidade do Rio de Janeiro. E a notícia mais esperada pelo público está confirmada. O Rock in Rio estará de volta em setembro de 2013, no mesmo local: o Parque Olímpico Cidade do Rock.

Show do Guns N' Roses fechou o festival:

Segundo estimativas da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro (Riotur), o Rock in Rio impactou em mais de R$ 880 milhões na economia do Rio de Janeiro, atingindo uma média de 90% de ocupação dos quartos da rede hoteleira carioca. A cidade contou com a visita de 350 mil turistas, sendo 25% estrangeiros.

Quem não vivenciou pessoalmente o festival, acompanhou pela televisão e pela internet. Na web, o Rock in Rio alcançou 4,5 milhões de seguidores nas redes sociais, tornando-se assim o festival com melhores índices nesse quesito, superadando outros grandes festivais do mundo como Glastonbury (Reino Unido), Lollapalooza (EUA), Coachella (EUA). O site oficial do festival obteve mais de 5 milhões de visitantes únicos e atingiu os Trending Topics do Twitter em 13 países.

Mas não foram somente os shows dos Palcos Mundo, Sunset, Rock Street e Eletrônica com suas atrações diárias divulgadas previamente, que movimentaram os visitantes. A Cidade do Rock disponibilizou diversas ações para a diversão, e um total de 83.200 pessoas passaram pela roda gigante, pela tirolesa, pelo free fall e, também, pela montanha russa.

Dentro da Cidade do Rock, as empresas parceiras do festival também alcançaram índices que superaram as expectativas iniciais. No ramo alimentício, a rede de sanduíches Bob´s vendeu 448 mil hambúrgeres. Somente no dia 24, segundo dia de festival, O Bob´s quebrou um recorde ao vender 79.112 hambúrgeres em um único dia. A marca era de 58.175 hambúrgeres e estava registrada no Guiness Book – O Livro dos Recordes.

O Spoleto, rede de massas, vendeu 25.522 refeições e alcançou índice 30% maior do que projetado inicialmente. A média de venda das lojas da rede é de 555 refeições por dia e, no evento, esse número chegava a 4.500. Já a pizzaria Domino’s obteve índice 12% maior do que o planejado. Foram 55.783 pizzas vendidas em sete dias de festival. A Koni Store, com 21 mil konis e rolls vendidos, excedeu em 18% sua estimativa inicial de vendas.

Os excelentes números também são vistos no balanço da Heineken. Ao longo dos sete dias, a empresa vendeu 700 mil litros de chopp na Cidade do Rock. Ao total, foram 1,7 milhão de copos vendidos. Já a Taco, empresa do segmento de roupas, comemorou a venda de 10 mil peças. As camisas especiais do Rock in Rio representaram 50% de todas vendas realizadas.

Outro grande termômetro é a quantidade de Rock in Rio Club vendidos: 15 mil pessoas adquiriram o cartão para o evento que acontecerá apenas em 2013 e ainda não tem nenhuma banda anunciada. Com taxa de adesão de R$ 79, o Rock in Rio Club dá benefícios como 20% de desconto na compra de produtos oficiais do Rock in Rio; pré-venda garantida para o festival de 2013; 15% de desconto para as compras de ingressos nos festivais futuros do Rio, Lisboa, Madri e onde mais o Rock in Rio for realizado. A venda acontece apenas no site oficial (www.rockinrio.com.br) e terá validade até dezembro de 2013.

Na limpeza, os sete dias de Rock in Rio geraram 331 toneladas de resíduos. Desse total, 74 toneladas de lixo orgânico recolhidas pela Comlurb foram levadas para a Usina do Caju para compostagem e transformação do adubo orgânico chamado Fertilurb, que será utilizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente no “Rio Capital Verde”, programa de reflorestamento do município que recuperará 1,5 mil hectares até 2012. Para a Estação de Transferência de Jacarepaguá seguirão 156 toneladas de material potencialmente reciclável e serão trabalhadas pela Cooperativa Barracoop. Já as 101 toneladas de material reciclável, principalmente papelão, papel misto, plástico e latas, coletadas pela Barracoop, seguiram direto para reciclagem. Os profissionais da cooperativa ficarão com toda a renda da venda dos resíduos recicláveis.

No caso específico da madeira, se não puder ser reutilizada ou doada a ONGs, será entregue a uma empresa do Rio de Janeiro e utilizada para a produção de biomassa. Todos os resíduos comuns que não são passíveis de valorização são encaminhados para o Centro de Tratamento de Resíduos - CTR-Rio, em Seropédica.

Confira o balanço final e algumas curiosidades sobre o Rock in Rio-2011:

Alimentos & Bebidas

Bob´s - A rede Bob´s, fornecedora oficial de hambúrguer e Milk Shake do evento, bateu recorde mundial de vendas de hambúrgueres em festivais de música, e serviu durante os sete dias de Rock in Rio 448 mil hambúrgueres. Também foram consumidos 18 mil sanduiches de pasta e 785.800 mil copos de bebida. A média de venda diária registrada foi de 64 mil unidades por dia. O maior número registrado, de vendas de hambúrguer, até então, era da primeira edição do Rock in Rio, em 1985, quando foram vendidos 58.175 mil hambúrgueres – dado presente no Guinness Book – O Livro dos Recordes. O recorde foi batido na segunda noite do Rock in Rio 2011, onde foram  consumidos 79.112 hambúrgueres. Com seis pontos de venda dentro da Cidade do Rock, O Bob´s mobilizou 2.500 mil funcionários para todo o festival. Na segunda semana de shows, a empresa aumentou em 25% o efetivo de funcionários, a fim de atender a demanda muito superior às expectativas iniciais.

Domino’s - Com duas unidades, uma no Village e outra na Rock Street, a marca vendeu 55.783 pizzas, 12% acima da projeção otimista que a empresa fez para o festival, que era bater a marca de 50 mil pizzas. O recorde de vendas aconteceu no penúltimo dia do festival, 01/10, quando chegou ao total de 9.400 unidades vendidas. Além do sucesso com o público, a Domino’s também foi a preferida dos artistas. Elton John, Red Hot Chilli Peppers, Rihanna e Kate Perry solicitaram pizzas da Domino’s nos camarins da Cidade do Rock. Sendo que Kate Perry pediu 100 delas!

Heineken – A empresa vendeu 700 mil litros e 1,7 milhões de copos de chopp ao longo dos sete dias do festival.

Koni Store - Rede de comida japonesa, com loja na Rock Street, o Koni Store registrou venda de 21 mil konis e rolls, marca 18% a mais do que a esperada inicialmente. Uma loja do grupo vende nornalmente entre 230 e 500 kones dia. No festival esse numero chegava a 3 mil por dia.

Spoleto - Com uma loja no Village, o Spoleto vendeu 25.522 refeições, 30% acima do projetado inicialmente para o festival. O recorde de vendas foi no último dia do evento (02/10), quando chegou à marca de 4.300 refeições vendidas. A massa mais pedida foi Penne Bolognesa Clássico.

Atendimentos Médicos

Rede D’Or: Responsável pelo serviço médico do Rock in Rio, a Rede D’Or realizou cerca de 8,6 mil atendimentos médicos gratuitamente nos sete dias de festival - 20% a mais do que o estimado. Do total de atendimentos, 99% foram resolvidos in loco, houve apenas três casos graves (um de embolia pulmonar, um Acidente Vascular Esquêmico (AVE) hemorrágico e mal-súbito) e nenhum óbito. A maioria por conta de dores de cabeça (33%) e problemas ortopédicos (33%). Foram 45 remoções para hospitais da Rede D'Or e da rede pública.

Cidade do Rock em números

Atrações: Mais de 160

Horas de música: 98 horas

Empregos: O Rock in Rio gerou 10 mil empregos direta e indiretamente

Cabos: 200 quilômetros foram utilizados

Dutos: 50 quilômetros foram utilizados

Energia: 12 Kwa de energia foram utilizados, valor equivalente a 600 casas.

Área: 150 mil m²

Transmissão:  Multishow e TV Globo

 

Empresas Parceiras

Kodak: 2.800 pessoas atendidas por serviços fotográficos

Niely: 5.000 cabelos foram produzidos

Taco: 10 mil peças foram vendidas ao longo do festival. Metade das peças vendidas foram camisetas da coleção Rock in Rio, cuja unidade custava R$ 26. O recorde de venda da empresa aconteceu no sábado, 01, com 1.700 peças vendidas.

Trident: A Cabine Trident by YouTube, localizada no camarote da marca, contou com 1200 vídeos gravados, com cerca de 2 mil participações, pois os vídeos eram gravados, geralmente, em dupla.

Já a ação GigaRiso (o smiley gigante) reuniu 500 pessoas para o riso coletivo e a GigaFoto (a foto gigapanorâmica) contabilizou mais de 6 mil risos no festival de uma só vez.

 

Entretenimento

Roda Gigante Itaú e Prefeitura do Rio de Janeiro: cerca de 37 mil pessoas

Tirolesa Heineken: cerca de 5,2 mil pessoas

Free Fall Bis: cerca de 9,5 mil pessoas

Montanha Russa Chilli Beans: cerca de 31,5 mil pessoas

Total: 83,2 mil pessoas usufruíram das atividades paralelas na Cidade do Rock

 

Espaços

Rock Street: 20 lojas. 10 de experimentação das marcas e outras 10 de alimentação

Village: 28 lojas. 16 de experimentação das marcas e outras 12 de alimentação

Área Vip: 8 lojas. 6 de experimentação das marcas e outras 2 de alimentação

Bob´s: 5 bares

Botequim Informal: 2 bares

 

 Internet

Impacto estimado nas mídias sociais: 180 milhões de pessoas em 200 países

Seguidores: 4,5 milhões (o Rock in Rio é o festival que conta com mais seguidores)

Twitter: o Rock in Rio foi Trending Topics em 13 países

Visitas ao Site Oficial: 5 milhões de visitantes únicos

 

Lixo

Total de resíduos: 331 toneladas de resíduos.

Lixo Orgânico: 74 toneladas. Recolhidas pela Comlurb, foram levadas para a Usina do Caju para compostagem e transformação em um adubo orgânico chamado Fertilurb, que será utilizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente no “Rio Capital Verde”, programa de reflorestamento do município que recuperará 1,5 mil hectares até 2012.

Material Potencialmente Reciclável: 156 toneladas. Encaminhadas para a Estação de Transferência de Jacarepaguá, serão levadas para a Cooperativa Barracoop.

Material Reciclável: 101 toneladas. Principalmente papelão, papel misto, plástico e latas, coletadas pela Barracoop, seguiram direto para reciclagem.

  

Palco Mundo

Peso: 600 toneladas com toda estrutura montada

Som: Propagava-se em um raio de 600m

 

Palco Sunset

Peso: 100 toneladas com toda estrutura montada

Som: Propagava-se em um raio de 150m

 

Tags: altos, balanço, espantos, números, Organização, outubro, rock in rio, setembro

Compartilhe:

Comentários

7 comentários
  • rodrigo lage, vila velha

    tudo muito bom mais um pauco daquele tamanho e uma chuvinha daquelas molhar tudo e brincadeira e outra coisa porque a iluminaçao do palco mundo nao funcionou no guns n roses fala serio

  • Cesar Marques, Rio de Janeiro

    Estive no ultimo dia do rock in rio,creio que a mídia não informa a verdade real dos fatos ocrrido neste evento, que foi o consumo de drogas, pois rolou a vontade, e os banheiros verdadeira calamidade publica, em que foi disponibilizado somente um lavatorio, isso no banheiro masculino, no que se refere a alimentação os bares lucraram é muito, em que uma simples lata de refrigerante era cobrado o valor de R$ 5,00 verdadeiro assalto. Não entendi a diferenciação de preço dos produtos ali vendidos em comparação ao que se vende fora deste festival. Outro fato que não entendi era o motivo da Comlurb
    ter disponibilizado seus funcionarios para efetuar a limpeza de um evento privado, será que alguem saiu lucrando?.
    Acredito que terá que ocorrer mudanças para melhorar a qualidade de atendimento ao publico. O povo carioca gosta de diversão, mas tem que ser pelo preço justo, e com mais organização.

  • waldo, Rio de Janeiro

    Parabéns Sr.Medina, o Brasil precisa de homens de visao
    coragem e empreededorismo como o seu.
    Muito obrigado pelos momentos de satisfação e entretenimento
    criticar é muito facil, fazer melhor é que eu quero ver.

    Megashow, megainvestimentos, só tinha Feras cantando !!
    Estou orgulhoso que o Rock in Rio voltou para os cariocas e brasileiros!!!

  • sidneybritogusmao, rio dejaneiro

    eu fui

  • Guilherme, Barra Mansa

    Eu num fui mas queria ir assisti todos os dias pela TV mas queria estar presnete lá, principalmente na noite do Guns N Roses pra mim foi o melhor Show do Rock in Rio!!
    Aguardem 2013 estarei lá !!

  • henrique lima, mooca

    Adorei tudo neste rock in rio, mas não pude ir, vi tudo de casa

  • julio , guarulhos

    Boaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa^^
    gosto de ver meu pais asssim, se destacando para o mundo, nao so pelo o esporte mais sim em outros segmentos ^^
    Vlw Brasil ^^
    Orgulho nacional o Rock rio foi ^^

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.