Jornal do Brasil

Domingo, 15 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Rio

Estado apresenta propostas para o desenvolvimento da Região Metropolitana nos próximos 25 anos

Jornal do Brasil

O governo do Estado do Rio apresentou, ontem, o “Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana (PEDUI)”, um programa com propostas para o desenvolvimento da região metropolitana nos próximos 25 anos. Ao apresentar o plano, o governador Luiz Fernando Pezão ressaltou o fato de que o programa contempla todas as necessidades para o desenvolvimento integrado da região. “É um plano todo integrado e atualizado,  que contempla as necessidades para se promover o desenvolvimento da região, desde a área de transporte à de saneamento, com a despoluição da Baía de Guanabara a partir do tratamento de todos os rios que nela deságuam”, disse.

Elaborado durante dois anos pelo consórcio formado pelas empresas Quanta Consultoria e Jaime Lerner Arquitetos, o programa foi coordenado pela Câmara Metropolitana, com financiamento do Banco Mundial (Bird). O Plano Estratégico Metropolitano também teve a contribuição de técnicos e especialistas de universidades, que apresentaram propostas nas áreas de mobilidade urbana, saneamento, economia, habitação, patrimônio cultural e ambiental e na reconfiguração espacial.

Entre as propostas estão a implantação de um modelo de desenvolvimento com distribuição espacial de atividades produtivas e a inclusão econômica da população de baixa renda; a valorização das áreas periféricas por meio da consolidação de redes de centralidades urbanas; a promoção das potencialidades econômicas da região; a distribuição mais equânime e equilibrada de equipamentos de saúde, educação, cultura, lazer, segurança e oportunidades de trabalho e renda; a contenção da expansão urbana; a implantação de infraestrutura de mobilidade capaz de conectar os centros e bairros; a produção de unidades habitacionais capazes de suprir o déficit habitacional quantitativo e qualitativo existentes; a implantação de infraestrutura de saneamento ambiental, incluindo a recuperação da Baía de Guanabara, entre outras sugestões.

“Este plano pretende fornecer diretrizes para que seja possível promover o desenvolvimento mais equilibrado da região metropolitana, distribuindo no território da metrópole mais oportunidades de emprego, bem como de equipamentos de saúde, entre outros serviços básicos. Ele também propõe conter a expansão territorial precária, que acentua as demandas já existentes de água, de esgoto, entre outras. Também indicamos a necessidade de fortalecer economicamente as centralidades, ou seja, os centros de cidades ou de bairros importantes e de apostar na rede de transportes de alta capacidade (trens, metrô, barcas) que temos e complementá-la onde for necessário, entre outras propostas”, ressaltou o diretor executivo da Câmara Metropolitana, Vicente Loureiro. 

Com Agência Brasil



Tags: bird, projetos, região metropolitana, rj, vicente loureiro

Compartilhe: