Jornal do Brasil

Sábado, 18 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Rio

Vice-prefeito do Rio, Fernando Mac Dowell morre aos 72 anos

Prefeito Marcelo Crivella decretou luto oficial de três dias

Jornal do Brasil

O vice-prefeito do Rio de Janeiro Fernando Mac Dowell morreu às 23h55 deste domingo (20), aos 72 anos. Dowell tinha sofrido um infarto no miocárdio no dia 13 e estava desde então internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca. Mac Dowell acumulava o cargo com o de secretário municipal de Transportes até janeiro deste ano ano, quando o prefeito Marcelo Crivella nomeou Rubens Teixeira para a pasta.

Fernando Mac Dowell é especialista na área de transportes. Participou da concepção da Ponte Rio-Niterói, da Linha Vermelha e do metrô do Rio.

Em nota, o hospital informa que Mac Dowell faleceu devido a complicações decorrentes de um enfarte agudo do miocárdio. Na semana passada, o prefeito Marcelo Crivella disse que acompanhava a evolução do quadro de saúde de seu vice e pediu "ao povo do Rio de Janeiro que se una a ele em orações."

Mac Dowell acompanhado do prefeito Crivella: vice tinha passado por angioplastia em hospital no Rio

Pai de quatro filhos, Mac Dowell, de 71 anos, cursou engenharia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Era professor da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Estado. Ele participou do segundo governo de Leonel Brizola, de 1991 a 1994.

Antes, trabalhou no Geipot, empresa de transportes criada em 1965 pelo regime militar. Exerceu, no começo da década de 80, a função de diretor do metrô carioca, quando a Linha 1 começava a funcionar, durante o governo Chagas Freitas.

O convite para compor a chapa de Marcelo Crivella à prefeitura do Rio veio da deputada federal Clarissa Garotinho (PR-RJ). Mac Dowell foi conselheiro da deputada enquanto ela presidia a Comissão de Viação e Transportes da Câmara, de março de 2015 a abril de 2016.

Nota de pesar

Em nota, o prefeito do Rio Marcelo Crivella afirma que Mac Dowell foi um companheiro exemplar e um notório servidor público "com inestimáveis serviços prestados a nossa cidade. Neste momento de dor imensa, minhas orações e pensamentos estão com sua família e com todos que admiravam o seu caráter e sua generosidade”, afirmou o prefeito. Crivella, decretou luto oficial de três dias pela morte do vice-prefeito. 



Tags: morte, prefeitura, rio, saúde, transporte

Compartilhe: