Jornal do Brasil

Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Rio

Cactos da Serra da Tiririca em exposição no Jardim Botânico do Rio

Jornal do Brasil

Cactos do Parque Estadual da Serra da Tiririca (PESET), Niterói – RJ é o nome da exposição que o Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) abre na tarde do dia 25 de abril, quarta-feira. A mostra inaugura o Espaço ComCiência, uma área ao ar livre, ao lado do Cactário, concebida para divulgar pesquisas, expedições e outras atividades científicas do Jardim.

A exposição é resultado de um inventário florístico realizado pela equipe do Cactário do JBRJ no Parque Estadual, localizado na região litorânea de Niterói e Maricá. Os botânicos já sabiam que a região é rica em cactos, mas dentro do PESET só eram conhecidas 14 espécies dessa família. A pesquisa revelou a ocorrência de outras seis espécies, inclusive algumas raridades.

Na mostra, composta por exemplares vivos, fotos e informações das 20 espécies de cactos encontradas no PESET, o público poderá conhecer a Rhipsalis ewaldiana, espécie que era considerada extinta na natureza. Outro destaque é a Pilosocereus brasilienses, que os estudiosos acreditavam extinta no Estado do Rio de Janeiro.

Alguns exemplares podem surpreender os visitantes. É o caso da Brasiliopuntia brasiliensis, que mais parece uma árvore do que um cacto. Há também espécies dos gêneros Rhipsalis, Epiphyllum e Lepismium que não têm espinhos e vivem dentro das florestas, em lugares úmidos, sobre galhos de árvores ou pedras. “São cactos que gostam de sombra e água fresca”, comenta o coordenador da exposição, Ricardo Reis, que também é curador da coleção de Cactos do JBRJ.



Tags: ambiente, botânico, cacto, estadual, niterói, parque

Compartilhe: