Jornal do Brasil

Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Rio

Psol vai expulsar deputado que votou na Alerj pela soltura de Jorge Picciani

Jornal do Brasil

O diretório estadual do Psol determinou, nesta sexta-feira (17), o afastamento do deputado Paulo Ramos, que votou nesta tarde pela revogação da prisão do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB), e dos deputados Paulo Melo e Alberto Albertassi, ambos do PMDB.

O Psol informa que iniciou processo de expulsão de Paulo Ramos junto à Comissão de Ética da legenda, após a votação na Alerj na qual o parlamentar votou contra a orientação da bancada de seu partido. 

>> PR vai expulsar deputados que votaram a favor de Picciani

Deputado votou contra orientação do partido
Deputado votou contra orientação do partido

Em resolução conjunta da Executiva Estadual e da Executiva Nacional, o Psol afirma, em nota, que o deputado Paulo Ramos "já vinha se apresentando como desligado da bancada" do partido e que a atitude desta sexta-feira (17) é inaceitável.

"O deputado [Paulo Ramos] se colocou ao lado da máfia dos transportes, das empreiteiras e de todos aqueles que saquearam o estado do Rio de Janeiro nas últimas décadas. O PSOL sempre esteve na luta contra estes setores e na defesa dos interesses dos trabalhadores do Estado do Rio", diz a nota do partido.

Tags: alerj, paulo ramos, política, prisão, psol, rio de janeiro

Compartilhe: