Jornal do Brasil

Terça-feira, 14 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Rio

Polícia reforça segurança para inibir protesto de servidores na Alerj

Jornal do Brasil

Quase 20 carros do Batalhão de Choque da Polícia Militar, além de um "caveirão", ocuparam no início da tarde desta quarta-feira (8) a Avenida Primeiro de Março, no Centro do Rio de Janeiro, com o objetivo de inibir um protesto de servidores do estado contra o governador Luiz Fernando Pezão e o atraso de salários.

Por conta do bloqueio de uma das principais vias do Centro e com as viaturas posicionadas no sentido inverso da Primeiro de Março, o trânsito ficou congestionado na avenida e nas ruas que davam acesso a ela.

Por volta das 14h, o Centro de Operações da Prefeitura do Rio informou que houve a interdição da Avenida Presidente Antônio Carlos a partir da altura da Avenida Almirante Barroso. Equipes da CET-Rio e da Guarda Municipal estão no local.

A CET-Rio orienta o desvio, neste momento, para a Avenida Almirante Barroso. Há congestionamento nas vias próximas do acesso para a Avenida Presidente Antônio Carlos.

Rotas alternativas:

- Quem vai em direção à Avenida Brasil vindo a partir da Zona Sul tem como melhor opção, neste momento, utilizar o Aterro do Flamengo e, depois, o Túnel Marcello Alencar;

- Quem vem da Zona Sul e vai em direção ao Centro pode fazer uso das vias internas da Lapa a partir da Avenida Augusto Severo, acessando a Rua Teixeira de Freitas e, então, a Avenida Mem de Sá.



Tags: 13º, alerj, atrasos, choque, pezão, polícia, protesto, salário, servidores

Compartilhe: