Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

Rio

Governo do RJ obtém R$ 1,3 bi em leilão pela folha de pagamento

Apenas o Bradesco apresentou proposta. Valor será usado para pagar salários atrasados

Jornal do Brasil

O Bradesco venceu o leilão para administrar a folha de pagamento dos servidores do estado do RJ. Com uma oferta de R$ 1.317.767.800,00, a instituição renovou o contrato, sendo o único dos cinco bancos que se habilitaram. O leilão aconteceu na tarde desta quarta-feira (9), no auditório da Secretaria Estadual de Fazenda. 

A oferta inicial feita pelo banco foi de R$ 1.317.767.422 - 78 centavos acima do lance mínimo. Houve então o questionamento se a oferta poderia ser aumentada. O representante do banco ofereceu R$ 32.578 a mais, chegando ao valor final de R$ 1.317.800.000,00.

A assinatura do novo contrato deve acontecer na sexta-feira (11). A partir daí tem início a contagem de cinco dias úteis para que o dinheiro obtido com a venda da folha entre na conta do governo estadual. 

O governo do RJ antecipou o leilão, que deveria acontecer no fim do ano, para poder de obter recursos para quitar os salários atrasados do funcionalismo. Pela avaliação da Secretaria de Estado de Fazenda e Planejamento, o governo teria condição de realizar os pagamentos dos servidores entre os dias 16 e 17 de agosto. O novo contrato passa a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2018 e é válido por 60 meses.

Atrasos

Ao todo o governo estadual tem 466.651 servidores entre ativos, aposentados e pensionistas, com uma folha de pagamentos no total de R$ 1,6 bilhão líquido. De acordo com a Sefaz, até agora, foi feito o pagamento dos vencimentos do mês de junho para pouco mais da metade (259.826) servidores ativos, inativos e pensionistas. O valor correspondente alcançou R$ 1,044 bilhão líquido. Ainda falta o depósito de R$ 569 milhões líquidos, relativos ao pagamento dos salários de junho para 206.825 servidores.

Com relação ao mês de maio a Sefaz fez o pagamento dos vencimentos de 340.941 servidores ativos, inativos e pensionistas, totalizando R$ 1,182 bilhão líquido. Entretanto, 126.394 servidores ativos, inativos e pensionistas, ainda não receberam os salários que somam R$ 418 milhões líquidos.

Em junho estão com os salários em dia os servidores ativos da educação; ativos, inativos e pensionistas da segurança, incluindo policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários e demais funcionários das secretarias de Segurança e Administração Penitenciária e órgãos vinculados. Também foram depositados os vencimentos dos ativos da Sefaz e ativos, inativos e pensionistas da Procuradoria-Geral do Estado, em cumprimento a decisão judicial.

Tags: bradesco, conta, folha, leilão, pagamento, servidor

Compartilhe: