Jornal do Brasil

Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

Rio

Artistas do Theatro Municipal fazem espetáculo em protesto contra atraso de salários

Governo do estado não paga salário de servidores do teatro há dois meses

Jornal do Brasil

Artistas do Theatro Municipal realizaram um concerto gratuito, com a participação do coro, orquestra, balé e técnica nesta terça-feira, por volta das 12h, na Cinelândia, Centro do Rio de Janeiro. A apresentação foi para protestar contra o atraso de dois meses dos salários dos artistas, que são servidores públicos do estado. Eles também aguardam o pagamento do décimo-terceiro de 2016. Ainda não há informações de quando o pagamento será realizado.

Na apresentação, os organizadores pediram contribuição em alimentos não perecíveis para os próprios servidores que encontram dificuldades. O espetáculo foi aberto com um coro que cantou o Hino Nacional. Ao fim do ato, o público que acompanhou a apresentação na escadaria do teatro pediu a saída do cargo do presidente Michel Temer e do governador Luiz Fernando Pezão.

"Chegamos a um ponto no qual os funcionários sequer têm dinheiro para vir trabalhar. Muitos estão endividados e precisam pedir dinheiro emprestado para comprar comida", disse o presidente do Sindicato dos Funcionários do Theatro Municipal, Pedro Olivero.

Durante o ato, os artistas homenagearam o barítono Leonardo Páscoa, integrante do coro da orquestra do teatro, que faleceu no domingo (7), de infarto fulminante, aos 42 anos. Ele era um dos servidores que estavam no aguardo do pagamento dos salários e do décimo-terceiro de 2016.

Os servidores da Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro publicaram um manifesto em que eles destacaram “a completa desorganização, caos e penúria financeira causada pelos sucessivos atrasos salariais do estado”.

“A sociedade que paga seus impostos é merecedora de uma programação de óperas, balés e concertos com o nível de excelência que sempre nos propusemos a fazer. A arte é necessária à vida, é direito básico de todo o ser humano e essencial para uma sociedade desenvolvida”, concluiu a nota.

Tags: Governo, Salário, artistas, crise, estado do rio, pagamento, teatro municipal

Compartilhe: