Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Julho de 2017

Rio

Casa Futuro Agora Sepetiba forma jovens em inglês e audiovisual

Alunos receberam seus certificados na semana passada

Jornal do Brasil

A Casa Futuro Agora de Sepetiba realizou a formatura conjunta de turmas de informática, inglês e audiovisual. Os meninos e meninas receberam seus certificados.

Segundo Luiza Teixeira, coordenadora do Casa Futuro Agora, a integração dos alunos dos diferentes cursos tem sido muito importante para o sucesso do projeto. 

– Temos muitos alunos fazendo mais de um curso e isso é muito interessante, pois mostra o interesse dos jovens. Acreditamos que o conhecimento é o primeiro passo para a transformação da vida destes meninos e meninas. A qualificação e capacitação profissional aumentam as chances dos jovens conquistarem um espaço no mercado de trabalho – ressalta.

Depois de mais de dois meses de dedicação, os adolescentes e adultos concluíram o segundo módulo do curso EnglishWorks, ministrado pela Sequoia Foundation. Agora, todos se preparam para mais uma etapa de estudos. 

Além das atividades desenvolvidas com auxílio da plataforma Moodle, nas unidades da Casa Futuro Agora, 25 voluntários estrangeiros participam de conversas em inglês pela internet. De acordo com a gerente do curso, Carolina Machado, a experiência de troca dos alunos com um nativo dá a oportunidade de melhorar ainda mais o inglês. 

– A vantagem é que, assim, eles perdem o medo, alguns têm bloqueio na hora de falar. A interação acaba com isso. E o objetivo do curso é a prática da comunicação – explicou.

Nas aulas de audiovisual, oferecidas pela Cidadela, 26 alunos passaram por cinco módulos: roteiro e montagem; a direção, o roteiro e a montagem; o som, o roteiro e a montagem; a direção de fotografia, o roteiro e a montagem; e a produção, o roteiro e a montagem.

Além disso, 53 jovens e adultos concluíram o curso de informática Primeiros Passos e 50 terminaram as atividades de informática Tecnologia em Comunidades. Ambos são ministrados pela Rede de Desenvolvimento Humano (Redeh). 

O projeto Casa Futuro Agora é financiado com recursos oriundos de acordo entre a Cedae e o Ministério Público do Trabalho (MPT-RJ), em ação trabalhista ajuizada pela instituição contra a companhia.

Os 12 espaços espalhados pelo Rio de Janeiro – Campinho, Cordovil, Gardênia Azul, Manguariba, Prazeres, São Carlos, São João, Sepetiba, Urucânia, além de Novo Degase Ilha, Penha e Bangu – oferecem ainda curso “Versos de Liberdade”, da Casa Poema, que tem como objetivo capacitar os adolescentes atendidos a utilizarem a linguagem de forma eficaz através de poesia.

Tags: Metrô, Rio, cidade, eduardo paes, obra, prefeitura

Compartilhe: