Jornal do Brasil

Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

Rio

Esclarecimento sobre salinidade do Canal do Quitingute

Empresa afirma que vazamento foi pontual 

Jornal do Brasil

Nota de esclarecimento enviada pela Assessoria de Imprensa das empresas LLX e OSX em resposta à matéria publicada pelo Jornal do Brasil sobre desastre ambiental que ocorreu no Porto Açu, de propriedade do empresário Eike Batista.  

"A LLX e a OSX esclarecem que a alteração do índice de salinidade do Canal do Quitingute foi pontual, foi prevista nos estudos de impacto ambiental, e que esta foi agravada pela restrição de vazão do Canal decorrente de recentes obras civis realizadas por terceiros, além de outros pontos de assoreamento, seca e estiagem na região. >  > As empresas realizam monitoramento constante dos índices de condutividade e salinidade do Canal do Quitingute, cujos resultados são encaminhados regularmente ao INEA (Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro). Tal monitoramento demonstra que houve restabelecimento dos índices históricos tão logo foram implantadas, pelas empresas, as medidas adicionais de engenharia no entorno dos depósitos de areia – todas devidamente aprovadas pelo INEA. >  > Até o momento não foi identificado nenhum agricultor prejudicado em São João da Barra. As empresas também informam que a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) constatou, através de análises, que as águas do 5º distrito encontram-se dentro dos padrões de normalidade tanto para fins de irrigação quanto para consumo animal. A UFRRJ, que monitora a região desde 2007, também confirmou que não há impacto no setor agrícola da região. Vale lembrar que, conforme informado pela CEDAE, não houve impacto na água distribuída para consumo humano. >  > Esclarecemos também que foi apresentado ao INEA um plano com as ações necessárias para realizar o desassoreamento do Canal Quitingute. O material prevê, além de nossas ações, outras de responsabilidade Municipal e Estadual. Atualmente tal plano encontra-se em fase de discussão técnica prévia ao início de sua implantação".

Tags: Obras, além, civis, de assoreamento, de outros, e estiagem, pontos, por terceiros, realizadas, seca

Compartilhe: