Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Rio

Bonde de Santa Teresa passa por perícia após acidente que deixou cinco mortos

Jornal do Brasil

Por volta das 6h da manhã deste domingo (28), as equipes do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) iniciaram a perícia do bonde que caiu em Santa Teresa e deixou cinco mortos e 57 feridos. A perícia também é acompanhada por técnicos da Agetransp e da empresa responsável por administrar os bondes.

A rua Joaquim Murtinho, onde ocorreu o acidente segue interditada e motoristas que passam pelo local são orientados por Guardas Municipais. O tráfego segue em apenas uma pista.

>> "Como a gente vai confiar nos bondes?", questiona morador

>> Nas redes sociais, população protesta contra descaso

>> Os bondinhos de Santa Teresa deveriam sair de circulação?

Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, dos 54 feridos levados para o Souza Aguiar, 42 prmanecem no hospital. No Hospital Geral do Andaraí são 6 feridos; outros 5 estão no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea e 1 continua no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier.

Entre os 54 feridos são três crianças, 32 mulheres e 19 homens, também de acordo com informações passadas pela Secretaria.

No sábado, após o acidente, o secretário estadual de Transportes do Rio de Janeiro, Julio Lopes, admitiu existir uma série de problemas no sistema. "Já vínhamos nos preocupando com o funcionamento do bonde. Precisamos reordenar o uso, há uma série de problemas no sistema".

O bonde faz o trajeto Lapa-Santa Teresa,  Centro do Rio de Janeiro. Segundo informações preliminares, a composição teria perdido o controle e batido em dois postes antes de tombar.

Outras mortes

Em junho deste ano, um turista francês morreu após despencar de um bonde que passava sobre os arcos da Lapa, na região Central do Rio. Ele teria se desequilibrado ao tentar tirar uma foto e a grade de segurança não resistiu ao seu peso. O turista caiu de uma altura de 15 metros, morrendo na hora.

Acidente envolvendo o bonde de Santa Teresa deixou mais um morto em 2009. A professora Andreia de Jesus Resende, de 29 anos, foi atropelada por um ônibus ao deixar em pânico o bonde, que havia perdido o freio.

Tags: acidente, bonde, santa teresa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.