Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

Rio

Turistas são assaltados em hotel de Santa Teresa

Jornal do BrasilLuisa Bustamente

Hóspedes de 10 quartos de um hotel da Rua Almirante Alexandrino, 660, em Santa Teresa, no centro do Rio, foram assaltados por volta das 3h20 desta segunda-feira. Os ladrões levaram dinheiro e celulares. Até as 11h ninguém havia sido detido.

Uma equipe da Delegacia de Apoio ao Turista (Deat) está no local para colher os depoimentos das vítimas. Entre elas estariam atletas que disputam os Jogos Mundiais Militares.

A assessoria de comunicação do estabelecimento não soube informar o número exato de pessoas no local, mas disse que não houve violência na ação. Ao menos 10 pessoas teriam sido roubadas. Ainda de acordo com a assessoria, o hotel possui uma equipe de segurança profissional 24 horas e postos da guarda municipal e da polícia militar a menos de 100 metros de distância.

De acordo com policiais do Batalhão de Policiamento em Área Turística (BPTur,) quatro bandidos fortemente armados pularam o muro do hotel e renderam os funcionários. Em seguida, invadiram os quartos e roubaram os hóspedes. Segundo um vigia do bairro que não quis se identificar, eles teriam deixado o local em um carro branco uma hora depois do início da ação. Durante o assalto, um homem fora do hotel teria auxiliado os bandidos com um telefone celular.

Análises preliminares das imagens do circuito interno de segurança permitiram identificar três suspeitos. O outro, que estaria usando capacete, não foi reconhecido. Os investigadores suspeitam que houve a colaboração de funcionários, uma vez que o crime ocorreu no momento da troca de turno da segurança.

O hotel, cinco estrelas, é o mesmo onde se hospedou em janeiro a cantora Amy Winehouse
O hotel, cinco estrelas, é o mesmo onde se hospedou em janeiro a cantora Amy Winehouse

O hotel, cinco estrelas, é o mesmo onde se hospedou em janeiro a cantora Amy Winehouse. Ele foi aberto em setembro de 2008, no casarão tombado da antiga Chácara dos Guimarães, de 1850. O local dispõe de 44 quartos e a diária custa entre R$ 690 e R$ 2 mil.

Santa Teresa conta com duas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), inauguradas em fevereiro deste ano. Os agentes lotados nas unidades, porém, só fazem o patrulhamento das favelas da região. Após o assalto, a Secretaria de Segurança Pública anunciou a criação de uma Companhia Independente da Polícia Militar, que funcionará no imóvel do antigo Hospital Quarto Centenário. O local também servirá de abrigo para os policiais das UPPs.

Tags: Assalto, turistas

Compartilhe: