Jornal do Brasil

Sábado, 21 de Outubro de 2017

Rio

Sobras de retalho serão usadas em trabalhos com detentas

Jornal do Brasil

O estado do Rio terá um programa de aproveitamento de retalhos da indústria têxtil como matéria-prima para trabalhos de detentos. O programa, batizado de “Tecendo a Cidadania”, é determinado pela lei 5.960/11, publicada no Diário Oficial do Executivo desta quarta-feira (27).

A iniciativa, proposta pelo deputado Átila Nunes (PSL), defende a medida com o argumento de que ela auxilia na solução de dois problemas: “damos destino aos retalhos, reduzindo o lixo produzido pelo setor, e garantimos mais material para ocupação e formação profissional”, explicou o parlamentar.

A regra, sancionada com veto parcial ao artigo segundo, determina que o Governo irá, através da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, promover parcerias com empresas ligadas à indústria têxtil para recolher os retalhos e separá-los por tipo de tecido. O Executivo terá 60 dias, a partir da publicação da lei, para regulamentar a matéria.

Tags: Trabalho, detentas, retalho

Compartilhe: