Jornal do Brasil

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

País

Sociedade Brasileira de Pediatria critica amamentação cruzada em novela

Jornal do Brasil

Uma cena da novela O Outro Lado do Paraíso, da Rede Globo, exibida nesta terça-feira, 27, que abordou a amamentação cruzada - quando uma mãe amamenta o bebê de outra pessoa -, provocou uma reação imediata da Sociedade Brasileira de Pediatria. Em comunicado, a entidade afirmou que a prática é contraindicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde, em virtude dos riscos ao bebê.

A entidade encaminhou ainda uma carta ao diretor do núcleo de Dramaturgia da emissora pedindo que o tema fosse esclarecido. De acordo com a entidade, a solicitação será atendida.

A Sociedade Brasileira de Pediatria afirmou que a direção de dramaturgia da Globo teria informado que uma nova cena sobre o tema na novela será feita, esclarecendo o assunto. Procurada, a assessoria de imprensa da TV não quis comentar o episódio nem confirmou se haverá uma nova cena.

Na carta pública, a Sociedade Brasileira de Pediatria afirma que a criança pode receber leite materno de outras mulheres. "No entanto, esse leite deve ser oriundo de uma doação a um banco de leite humano, onde recebe tratamento que o deixa livre de qualquer possibilidade de transmissão de doenças."

A sociedade observa ainda que, ao contrário do que a novela teria sugerido, não há leite materno "fraco".

"É importante destacar que a amamentação deve ser estimulada, pois é o único processo natural que garante acesso ao alimento completo e mais adequado para as crianças. Por isso, deve ser oferecido, de modo exclusivo, nos seis primeiros meses, podendo ser complementado a partir de então", informa a nota.



Compartilhe: