Jornal do Brasil

Domingo, 19 de Novembro de 2017

País

Polícia Federal faz buscas na casa do ministro Blairo Maggi em Brasília

Jornal do Brasil

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (14) mandados de busca em endereços ligados ao ministro da Agricultura do governo de Michel Temer e ex-governador do Mato Grosso, Blairo Maggi (PP). Um mandado é cumprido no apartamento dele em Brasília, na asa sul.

O ministro foi alvo da delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), homologada em agosto. Silval, que assumiu o governo de Mato Grosso após Maggi, afirmou que o ministro participou de um esquema de pagamento de mensalinho para deputados estaduais para comprar apoio.

O gabinete do deputado federal Ezequiel Fonseca (PP-MT) na Câmara dos Deputados também é alvo de buscas. Ele foi um dos filmados recebendo dinheiro das mãos de Silvio Araújo, ex-chefe de gabinete de Barbosa.

Outro alvo é o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), também filmado recebendo dinheiro quando era deputado estadual.

>> Blairo Maggi nega tentativa de obstrução da Justiça

Ministro foi alvo de delação premiada de ex-governador do Mato Grosso
Ministro foi alvo de delação premiada de ex-governador do Mato Grosso

A ação faz parte da Operação Malebolge (12ª fase da Ararath), desencadeada nesta quarta, que tem como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão expedidos pelo STF em 64 endereços.

Participam da ação 270 pessoas dentre policiais federais e membros do MPF em Cuiabá, Rondonópolis, Primavera do Leste, Araputanga, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Juara, Sorriso e Sinop, em Mato Grosso; e também em Brasília e na capital paulista. 

De acordo com a PGR, a operação tem caráter sigiloso e nenhum detalhe será apresentado enquanto a operação estiver em andamento. O STF informou que o caso está nas mãos do ministro Luiz Fux e que, como o caso corre sob sigilo, nada será comentado por enquanto.

>> Ex-governador do MT revela que Blairo Maggi participou de esquema de corrupção

>> Fux homologa delação “monstruosa” de ex-governador do Mato Grosso

>> Blairo Maggi pagou R$ 4 milhões por apoio do PMDB em eleição, diz delator 

>> Avião com cocaína decolou de fazenda da família de Blairo Maggi

Tags: apreensão, busca, governo, investigações, mandados, polícia federal

Compartilhe: