Jornal do Brasil

Terça-feira, 24 de Outubro de 2017

País

PF interceptou conversas telefônicas entre Gilmar e Aécio Neves

Conversa entre Michel Temer e o deputado Rodrigo Loures também foi grampeada

Jornal do Brasil

O senador afastado Aécio Neves, em conversa interceptada pela PF com ordem judicial na Operação Patmos, "pediu ao ministro [Gilmar Mendes] para que telefonasse para o senador Flexa Ribeiro (PSDB)", de acordo com relatório policial. A conversa ocorreu no dia 26 de abril, e dizia respeito a votação de projeto.

No diálogo, o senador investigado pedia que o magistrado conversasse com Flexa Ribeiro, para que este seguisse a orientação de voto proposta pelo presidente do PSDB no projeto sobre "abuso de autoridade", em discussão no Congresso Nacional.

Senador investigado pedia que o magistrado conversasse com Flexa Ribeiro
Senador investigado pedia que o magistrado conversasse com Flexa Ribeiro

A PF também interceptou conversa do presidente Michel Temer com seu ex-assessor e homem de confiança, o deputado federal Rodrigo Loures (PMDB-PR), que foi flagrado recebendo R$ 500 mil. Na ocasião, Temer falava sobre uma expectativa do deputado sobre as novas regras para o setor de portos.

Os documentos indicam que Aécio e Loures que estavam com os aparelhos telefônicos grampeados. Relatórios sobre essas ligações estão em documentos divulgados pelo STF nesta sexta-feira (19), por ordem do ministro do STF, Edson Fachin.

>> Citado por dono da JBS, deputado Rocha Loures chega ao Brasil

Tags: executivo, investigações, judiciário, presidente, senado, stf, votação

Compartilhe: