Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

País

Críticas a Michel Temer são publicadas no website do Ministério da Saúde

Agenda de ministro listou reunião de "base aliada do golpe" e "renúncia" de Temer

Jornal do Brasil

A agenda do ministro da Saúde Ricardo Barros desta terça-feira (27) apareceu no portal da pasta com compromissos que destoam do discurso do governo de Michel Temer. Às 19h, ficou registrado que haveria a "Renúncia do (vice) presidente da República #ForaTemer" e, para as 18h, uma "Reunião com ministros e líderes da base aliada do GOLPE". Em nota oficial publicada durante a tarde, o Ministério informou que o site já havia retornado à "regularidade uma hora após o ocorrido". 

A nota também indicou a abertura de uma sindicância para investigar a origem da "falsa publicação". "Ainda foram reforçadas medidas restrição de acesso e segurança do portal; As conclusões da investigação interna serão apresentadas aos órgãos competentes como a Polícia Federal", diz a nota. 

"Renúncia do (vice) presidente da República #ForaTemer" era um dos compromissos registrados na agenda do ministro da Saúde
"Renúncia do (vice) presidente da República #ForaTemer" era um dos compromissos registrados na agenda do ministro da Saúde

Caso semelhante ocorreu em agosto deste ano, quando o perfil da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) no Twitter publicou mensagem ironizando a intenção de Michel Temer de participar da abertura da Olimpíada. "Quando a pessoa escolhe passar vergonha…", dizia o Tweet, apagado posteriormente. A EBC chegou a abrir uma sindicância interna para apurar os responsáveis pela publicação.

O governo tentou implementar uma série de mudanças na EBC desde que a ex-presidente Dilma Rousseff foi afastada, entre elas nomear o jornalista Laerte Rimoli, ligado a Eduardo Cunha, como presidente. Reconduzido à presidência em meados de setembro, Rímoli demitiu 30 funcionários e trocou o comando da empresa.

Tags: Governo, Michel Temer, Renuncia, SAÚDE, agenda, impeachment

Compartilhe: