Jornal do Brasil

Domingo, 22 de Outubro de 2017

País

Eduardo Cunha reclama de abandono e faz ameaças a Michel Temer

Jornal do Brasil

Ainda pendente de um processo de cassação de mandato parlamentar previsto para ser votado em setembro na Câmara, o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) não desistiu de salvar o cargo e continua pensando em estratégias para não perder a imunidade parlamentar e suas denúncias na Lava Jato caírem nas mãos do juiz federal Sérgio Moro.

De acordo com informações da coluna de Lauro Jardim, no Globo deste domingo (14), Cunha enviou um mensageiro ao Palácio do Jaburu para conversar com Michel Temer. O emissário transmitiu o recado do deputado afastado em forma de parábola e em tom de ameaça. Cunha mandou dizer que "era uma vez cinco amigos que faziam tudo junto, viajavam, faziam negócios.... então, um virou presidente, três viraram ministros e o último foi abandonado". Seu mensageiro complementou que "isso não vai ficar assim".

Em resposta, Temer teria dito que "está tentando ajudar", segundo relatos do próprio Cunha
Em resposta, Temer teria dito que "está tentando ajudar", segundo relatos do próprio Cunha

Em resposta, Temer teria dito que "está tentando ajudar" Eduardo Cunha, segundo relatos do próprio ex-presidente da Câmara. Nos últimos meses, proliferaram especulações contraditórias de que Michel Temer estaria disposto a salvar o mandato de Cunha e que a perda de poder do deputado seria um alívio para o Palácio do Planalto, caso o impeachment da presidente Dilma Rousseff seja aprovado e Temer governo até 2018.

Funaro: "Eduardo Cunha pode implodir governo Temer"

Celular de Otávio Azevedo mostra articulação entre Michel Temer e Eduardo Cunha

Em entrevista, Dilma diz que governo interino "é a cara" de Eduardo Cunha

Tags: ameaça, apoio, cunha, câmara, governo, lava jato, temer

Compartilhe: