Jornal do Brasil

Sábado, 18 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

País

PMDB indica voto pelo impeachment, mas haverá dissidências

"Não é possível que ambições sejam maiores que interesses do País”, disse Picciani

Jornal do Brasil

O líder do PMDB, deputado Leonardo Picciani (RJ), repetiu que a bancada optou pelo voto favorável à abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Ele, no entanto, não está convencido do total adesão da legenda e disse que alguns colegas também votarão contra o processo.

“A nossa bancada irá encaminhar o voto sim, mas nós sabemos que, aconteça o que acontecer, amanhã teremos uma nova etapa da política nacional. Não é possível que as ambições políticas sejam maiores que os interesses do País”, declarou.

Picciani afirmou que o impeachment é a sanção mais grave da Constituição. “Iniciamos agora uma sessão que será analisada hoje e pelas páginas da história”, destacou. Ele ressaltou esperar que o dia termine sem perdedores e vencedores.



Tags: Governo, PMDB, PSDB, PT, crime, direita, eduardo cunha, golpe, impeachment, integrantes, oposição, presidente

Compartilhe: