Jornal do Brasil

Sábado, 28 de Maio de 2016

País

Mais de 60 entidades fazem ato em defesa de Lula na próxima quarta-feira

Desagravo acontece no mesmo dia em que o ex-presidente deporá na Justiça

Jornal do Brasil

A Frente Brasil Popular, entidade que reúne mais de 60 organizações, entre sindicatos e movimentos sociais, além de partidos de esquerda, farão um ato de apoio ao ex-presidente Lula na próxima quarta-feira (17), a partir das 10h da manhã, em frente ao Fórum Criminal da Barra Funda, na capital paulista. Na mesma manhã e local, o líder petista e Marisa Letícia irão depor a respeito do apartamento triplex.

O ato de desagravo ao ex-presidente tem como motivação o fato de que ele vem sofrendo pré-julgamento da imprensa, de setores conservadores da sociedade e por alguns procuradores de justiça antes de ser ouvido.

Cartaz de ato de desagravo a Lula
Cartaz de ato de desagravo a Lula

No comunicado, a Frente Brasil Popular afirma que "repudia a forma criminosa e manipuladora com que a mídia tradicional cobre e transmite as versões dos fatos, tendo como principal interesse atingir a imagem e a honra do ex-presidente Lula, figura emblemática na história política do Brasil".

É esperada a presença de grande parte da bancada petista no Congresso Nacional e de algumas casas legislativas estaduais. Os mesmos parlamentares também participarão de outro ato de apoio a Lula no dia 27, quando ocorre a festa pelos 36 anos de criação do Partido dos Trabalhadores.

Veja a relação de entidades que integram a Frente Brasil Popular:

Ainda MG

A Marighella

Associação de Juízes pela Democracia

ATRAF (Associação dos Trabalhadores de Franca)

ANPG (Associação Nacional de Pós Graduando)

CMP (Central de Movimentos Populares)

CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)

CUT (Central Unica dos Trabalhadores)

CEBRAPAZ (Centro Brasileiro de Solidariedade e Luta pela Paz)

CONAM (Confederação Nacional das Associações de Moradores)

CONEN (Confederação Nacional de Entidades Negras)

Consulta Popular

FETRAF MG (Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de Minas Gerais)

Fora do Eixo

FNDC (Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação)

Fórum Político Interreligioso

FEAB (Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil)

FUP (Federação Única dos Petroleiros)

Grupo ACONTECE – Arte e Política LGBT

Igrejas

INMA (Instituto Nacional do Meio Ambiente)

Juventude Revolução

Levante Popular da Juventude

Marcha Mundial das Mulheres

Metalúrgicos do RS

Mídia Ninja

MCP (Movimento Camponês Popular)

MTD (Movimento das Trabalhadoras e dos Trabalhadores por Direitos)

MLT (Movimento de Luta por Terra)

MMC (Movimento de Mulheres Camponesas)

MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens)

MPA (Movimento dos Pequenos Agricultores)

MST (Movimento dos Trabalhadores Ruraissem Terra)

MOTU (Movimento dos Trabalhadores Urbanos)

MAM (Movimento Nacional Pela Soberania Popular Frente à Mineração)

Nação Hip Hop Brasil

PCdoB (Partido Comunista do Brasil)

PT (Partido dos Trabalhadores)

Pastorais Sociais

Rede de Médicas/os Populares

RENAP (Rede Nacional de Advogados Populares)

Sindsesp SP

Sindieletro MG (Sindicato dos Eletricitários de Minas)

SENGE-Rio (Sindicato dos Engenheiros do Estado – RJ)

Sindute MG (Sindicato Único de trabalhadores em Educação de Minas Gerias)

UBES (União Brasileira de Estudantes Secundaristas)

UBM (União Brasileira de Mulheres)

UJS (União da Juventude Socialista)

UNEGRO (União de Negros Pela Igualdade)

UNE (União Nacional de Estudantes)

UNMP (União Nacional por Moradia Popular)

Via campesina

e ainda, parlamentares e dirigentes de diversos partidos e correntes partidárias, entre os quais o PT, o PCdoB, o PSB e o PDT. Também participam diversos intelectuais e jornalistas que atuam em diferentes espaços da mídia popular.

Tags: apoio, ato, CUT, entidades, Esquerda, fbp, frente brasil popular, Lula, mídia, movimentos sociais, política, PT, sindicatos

Compartilhe: