Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Março de 2017

País

MPT recomenda à CSN que não promova demissões sem prévia negociação

Jornal do Brasil

O Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ) recomendou à Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) que não promova qualquer dispensa de empregado até que realize e conclua negociação coletiva com o sindicato representante da categoria dos trabalhadores. 

A Notificação Recomendatória foi expedida após veículos de imprensa e o próprio Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense noticiarem a possibilidade de a empresa, que funciona em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, demitir três mil funcionários, diante da intenção de paralisar a produção de um dos alto-fornos da usina.

Na notificação, o MPT-RJ recomenda ainda que devem ser realizadas tantas reuniões quantas sejam necessárias até que os trabalhadores e a empresas cheguem a um acordo sobre as medidas a serem adotadas para minimizar os impactos sociais de uma eventual dispensa em massa.

Tags: crise, economia, justiça, mercado de trabalho, Usina, volta redonda

Compartilhe: