Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

Fãs da Gurizada Fandangueira prestam solidariedade no Facebook

Sanfoneiro da banda morreu durante o incêndio, causado por sinalizador

Jornal do Brasil

O grupo Gurizada Fandangueira, que tocava na Boate Kiss no momento do incêndio que causou a maior tragédia da história do Rio Grande do Sul, recebeu o apoio dos fãs pela perda do sanfoneiro Danilo Jacques, de 27 anos. Ele voltou ao interior da boate para pegar seus instrumento e acabou morrendo asfixiado.

Na comunidade da banda no Facebook, fãs prestaram homenagens ao músico. Netto Oliver diz que tudo foi uma fatalidade, e lembrou que o show da banda sempre possui esse tipo de momento pirotécnico. "O lugar do evento que tem que verificar se tem suporte pra shows com essas atrações". Já Francine Trindade diz que o músico ficará para sempre nos corações dos fãs: "Que Deus o ilumine onde ele estiver".

O incêndio

Danilo Jacques, sanfoneiro da banda Gurizada Fandangueira, morreu no incêndio deste sábado
Danilo Jacques, sanfoneiro da banda Gurizada Fandangueira, morreu no incêndio deste sábado

Na madrugada de de 27 de janeiro de 2013, o vocalista da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos, utilizou um sinalizador dentro da Boate Kiss, em Santa Maria, para um momento de pirotecnia, comum nos shows do grupo.

Em poucos segundos, porém, as chamas atingiram a espuma do isolamento acústico da boate. Essa espuma é altamente inflamável e tóxica, e a fumaça se alastrou em poucos segundos. Após sair da boate desesperado, o sanfoneiro da banda, Danilo Jacques, resolveu voltar para pegar sua gaita. Foi dessa forma que Danilo morreu, asfixiado.

Tags: banda, deus, fatalidade, iluminar, Incêndio, Maria, Santa, show

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.