Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

País

Começa o horário de verão em 11 Estados e no DF

Portal Terra

À meia-noite deste sábado, começou o horário de verão para os brasileiros que vivem nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e no Tocantins, que tiveram que adiantar os relógios em uma hora. O horário de verão vai até 17 de fevereiro de 2013. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, durante a vigência do horário diferenciado está prevista uma redução média de 5% no consumo no horário de pico, que vai das 18h às 21h.

Esta é a primeira vez que o Tocantins participa, no lugar da Bahia, que registrou um alto índice de rejeição popular à medida, e o governador Jaques Wagner (PT) decidiu que o Estado seguirá o horário convencional adotado em toda a Região Nordeste. Uma pesquisa do governo mostrou que 75% da população baiana são contrários ao horário diferenciado.

O horário de verão é adotado em função do aumento da demanda por energia nesta época do ano, resultante do calor e do crescimento da produção da indústria com a aproximação do Natal. O Norte (à exceção do Tocantins) e Nordeste não aderem à mudança porque o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) avaliou que a economia nesses mercados é pouco expressiva, e não justifica a participação.

O horário de verão poderá evitar gastos estimados em R$ 3 bilhões na construção de novas usinas térmicas a gás, que seriam necessárias para garantir a segurança do suprimento de energia no horário de pico.

De acordo com expectativas do governo, com a adoção do horário de verão, será evitado um gasto de R$ 280 milhões com o acionamento de usinas térmicas neste ano para suprir a demanda no horário de pico.

Tags: brasil, economia, hora, relógio, sol

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.