Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

País

Igrejas prometem resposta a protesto contra homofobia

Temor é a perda de liberdade para manifestação de crenças

Jornal do BrasilAna Paula Siqueira

 

Enquanto grupos que lutam pelos direitos dos homossexuais batalham para ver as condutas preconceituosas ou violentas praticadas contra eles criminalizadas, correntes conservadoras – em sua maioria ligadas à igreja – planejam um contra-ataque.  Além de um abaixo-assinado na internet contra o projeto de criminalização da homofobia, que já tem mais de 50 mil assinaturas, eles prometem uma grande manifestação para o dia 1º de junho contra a criminalização da homofobia.

>> Leia aqui a íntegra do Projeto de Lei 122, que propõe a criminalização da homofobia

– Dia 1º de junho estarei em Brasília. Os homossexuais dizem que reuniram 5 mil pessoas. A sociedade não está nem aí para esses caras. Não sou exagerado, garanto que de 10 e 15 mil pessoas estarão lá – anuncia o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia.

O temor de segmentos das igrejas católica e evangélica é de que estejam na iminência de perder o direito à livre manifestação de suas crenças, como, por exemplo, pregar que homossexualidade é pecado.

>> Leia a reportagem completa no JB Premium

 

Tags: homofobia, igrejas

Compartilhe: