Jornal do Brasil

Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2016

País - Opinião

O desemprego no Brasil e na Europa: onde mesmo está a crise?

Taxas na França, Portugal, Itália, Espanha e Grécia são bem mais altas do que a do país

Jornal do Brasil

Os últimos números divulgados pelo IBGE apontam que a taxa de desemprego no Brasil ficou em 6,9%, em junho. Internamente, a taxa é alardeada como claro sinal de uma grave crise econômica. Contudo, quando comparamos a taxa do Brasil com as da Europa, é claro constatar que a situação no Brasil está longe de ser alarmante, como insistem em afirmar.

Na França, onde não se houve falar de crise econômica, a taxa foi de 10,3% em maio. No Reino Unido e na Alemanha, países que estão longe de sofrer com as recentes turbulências, os percentuais são de 5,6% (abril) e 4,7% (maio), respectivamente.

Na Itália, a taxa foi de 12,4% em maio, e em Portugal, de 13,2% no mesmo mês. O cenário é ainda mais dramático na Espanha: 22,5% em maio; e na Grécia: 25,6% em abril.

>> Confira aqui os números da Eurostat

Gráfico mostra percentuais de desemprego na Europa
Gráfico mostra percentuais de desemprego na Europa

Olhando para estes números, a taxa de 6,9% no Brasil está longe de ser sinônimo de abismo no mercado de trabalho.

Tags: brasil, desemprego, economia, Europa, percentual, taxa

Compartilhe: