Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Março de 2017

País - Opinião

Desistências comprovam ainda mais a necessidade do programa Mais Médicos

Jornal do Brasil

A desistência dos médicos, o que supostamente seria considerado o fracasso do Mais Médicos do governo federal, na verdade é a razão fundamental que comprova que o projeto é mais que necessário.

Se estes médicos que desistem não são "laranjas" dos que estão contra, são piores do que ser "laranja" dos que se opõem que o povo possa ser tratado. São médicos que não deveriam se formar, pois prestam um serviço para que o cidadão morra, e não pela razão de seu juramento.

Estes mesmos que se opõem à vinda dos médicos estrangeiros se vangloriam de poder se tratar no exterior, desqualificando a medicina brasileira.

Desses grandes reacionários, vários recomendam aos seus clientes operações em Cleveland, Boston - quando do aparelho digestivo -, em Londres e no Doctor Barraquer - quando em oftalmologia. Hoje, os ricos e estes vão fazer cirurgia em Miami.

O governo deveria responsabilizar pecuniariamente esses "médicos" que desistiram de seus postos e estampar seus nomes como o do neurocirurgião que permitiu a morte de uma criança por ter faltado ao trabalho.

Tags: atendimento, brasil, médico, pacto, programa, SAÚDE

Compartilhe: