Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Suspensos 14 sacerdotes chilenos envolvidos em escândalo sexual

Jornal do Brasil

O bispado da cidade chilena de Rancagua anunciou nesta terça-feira (22) a suspensão de 14 sacerdotes envolvidos em um escândalo provocado por condutas sexuais inapropriadas, após serem denunciados por uma paroquiana.

"Foram restringidos de seu ministério sacerdotal 14 sacerdotes (...) Estes incorreram em ações que podem constituir crimes tanto no âmbito civil, como no canônico", indicou um comunicado do bispado de Rancagua, no centro do Chile.

Esses religiosos teriam formado um grupo que chamavam "a família", no qual teriam incorrido em condutas sexuais inapropriadas além de possíveis abusos de jovens e menores de idade, segundo denunciou Elisa Fernández, uma fiel que revelou esses atos em uma reportagem divulgada na semana passada pelo canal 13.

O bispado de Rancagua explicou que embora não contem "com antecedentes de que as ações dos sacerdotes suspensos sejam constitutivas de crimes do ponto de vista jurídico", confirmou que foi apresentada uma denúncia ante a Procuradoria da região para que seja realizada uma investigação.

"No aspecto canônico, já foram enviados à Santa Sé todos os antecedentes dos quais dispomos", acrescentou a nota.

O bispado de Rancagua lamentou os feitos denunciados e pediu à comunidade que forneça informações sobre este novo escândalo que envolve a Igreja chilena, já afetada por denúncias de encobrimentos por abusos sexuais que levaram 34 bispos chilenos a apresentar sua renúncia ante o papa Francisco no Vaticano na semana passada.

Desde 2000, 80 padres foram denunciados no Chile por abusos sexuais.

msa/val/cb/mvv

Agência AFP


Compartilhe: