Jornal do Brasil

Terça-feira, 14 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Segundo grupo de combatentes do EI abandona a região de Damasco

Jornal do Brasil

Um segundo grupo de combatentes do grupo extremista Estado Islâmico (EI) abandonou seu último reduto de resistência na região de Damasco, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), o que representa um novo passo para um controle total da área pelo regime.

De acordo com fontes militares, um breve cessar-fogo permitiu a retirada.

Yarmuk é o último distrito de Damasco que não está sob controle do governo. A saída de todos os combatentes do EI permitirá ao regime sírio controlar completamente a capital e seus arredores pela primeira vez desde 2012.

Os primeiros combatentes deixaram a área no domingo.

O regime de Bashar al-Assad iniciou em 19 de abril uma grande ofensiva contra o último reduto do EI no sul de Damasco, com o objetivo de retomar os bairros de Tadamun, Hajar al-Aswad, Qadam e o acampamento palestino de Yarmuk

Os confrontos deixaram 62 mortos entre os civis e 484 entre os combatentes, incluindo 251 vítimas nas forças leais ao regime, segundo o OSDH.

O grupo extremista EI controla agora menos de 3% do território sírio, fundamentalmente em áreas desérticas do centro e do leste, de acordo com o Observatório.

rh/jmm/del/me/acc/fp

Agência AFP


Compartilhe: