Jornal do Brasil

Segunda-feira, 18 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Após ataques, aprovação a Hollande cresce sete pontos

Popularidade do presidente subiu de 20% para 27% em um mês

Jornal do Brasil

Pouco mais de uma semana depois dos atentados de 13 de novembro em Paris, a popularidade do presidente da França, François Hollande, teve uma alta significativa de sete pontos percentuais, segundo uma sondagem do instituto Ifop encomendada pelo diário Journal du Dimanche.

De acordo com a pesquisa, a aprovação ao mandatário subiu de 20% no mês passado para 27%. O levantamento apurou que 3% dos cidadãos estão "muito satisfeitos" com o chefe de Estado, e que 24% estão "um pouco satisfeitos". Outros 40% estão "um pouco descontentes", e 33%, "muito descontentes".

O levantamento ouviu 1.943 pessoas entre os dias 12 e 21 de novembro. Já a popularidade do primeiro-ministro Manuel Valls teve uma alta mais discreta, indo de 36% para 39%, somando os que estão um pouco ou muito satisfeitos.

Levantamento apurou que 3% dos cidadãos estão "muito satisfeitos" com o chefe de Estado

Além disso, 32% dos entrevistados disseram estar satisfeitos com a resposta aos atentados por parte de Hollande, número que sobe para 44% no caso de Valls. Após os ataques ao jornal satírico Charlie Hebdo, em janeiro, a popularidade do presidente já havia tido um crescimento de 12 pontos percentuais, principalmente por conta de um discurso inflamado na Assembleia Nacional.

Os atentados do dia 13 de novembro deixaram pelo menos 130 mortos e foram reivindicados pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), como resposta à presença da França na coalizão internacional que combate a milícia na Síria e no Iraque.



Tags: Atentado, Europa, Explosão, França, TERRORISMO, estado islâmico, hollande, mortes, presidente, síria, tiroteio

Compartilhe: