Jornal do Brasil

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Internacional

Milhões de pessoas no mundo apagam as luzes para salvar o planeta

Agência AFP

Centenas de monumentos e milhões de casas ao redor do mundo apagaram as luzes neste sábado para comemorar a Hora do Planeta, uma iniciativa mundial para sensibilizar a opinião pública sobre o problema da mudança climática.

O evento teve início no Pacífico, nas ilhas Fiji, Nova Zelândia e Austrália, propagando-se pela Ásia, Europa, África e América com a chegada da noite.

A Ópera de Sydney foi o primeiro dos grandes monumentos a ficar às escuras, seguido pelo estádio do "Ninho do Pássaro" de Pequim, que acolheu os Jogos Olímpicos de 2008.

Posteriormente, foi a vez da Europa, com a Acrópole de Atenas e outros lugares histórico gregos como as colunas do templo de Poisedon, a catedral Notre Dame de Paris e o London Eye da capital britânica apagando suas luzes.

A Torre Eiffel só ficou às escuras durante cinco minutos por motivos de segurança, segundo a prefeitura de Paris.

Também se uniram à ação a Times Square de Nova York e a estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro.

Esta iniciativa, criada na Austrália em 2007 pela organização de defesa da natureza WWF, envolveu neste ano 3.800 cidades em 134 países e tem como objetivo chamar a atenção sobre o processo do aquecimento global.

"A quantidade de energia que se poupa durante o tempo em que as luzes ficam apagadas não é o aspecto principal desta ação", explicou o diretor executivo da Hora do Planeta, Andy Ridley.

"Trata-se de demonstrar o que pode acontecer quando as pessoas se unem", explicou.

Os organizadores também pediram que nesta edição do evento os participantes se comprometam a realizar uma ação, grande ou pequena, durante todo o ano para ajudar o planeta.

Ridley explicou que a edição deste ano também se concentrará em conectar as pessoas através da internet para que possam se motivar mutuamente em seu compromisso de preservar o meio ambiente.

No momento em que o evento começou no Pacífico, cerca de 600.000 pessoas disseram "eu curti" na página oficial da Hora do Planeta no Facebook.

Tags: Planeta, do, hora

Compartilhe: