Jornal do Brasil

Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Informe JB

Empresa de Marcelo Limírio doou R$ 2,2 milhões para Demóstenes e Perillo

Jorge Lourenço

A ligação entre o empresário Marcelo Limírio com o senador Demóstenes Torres (sem partido) e o contraventor Carlinhos Cachoeira fica cada vez mais evidente. Além de uma possível influência na venda do Hotel Nacional, como noticiou o Jornal do Brasil na última segunda-feira (16/04), Limírio fez doações para as campanhas de Demóstenes e para o governador Marconi Perillo (PSDB-GO). Escutas da Polícia Federal indicam que Perillo mantinha relações com Carlinhos Cachoeira, assim como outros políticos de Goiás.

>> Hotel Nacional: as digitais de Carlinhos Cachoeira no Rio de Janeiro  

A bolada de Demóstenes e Perillo

Diretamente, Limírio doou R$ 200 mil para a campanha de Demóstenes Torres. Curiosamente, é o exato valor que o senador teve que investir na "Nova Faculdade", instituto de educação em Minas Gerais no qual os dois são sócios. 

Tem mais

A Hypermarcas ainda doou R$ 500 mil para a campanha de Demóstenes, R$ 500 mil diretamente para Marconi Perillo e R$ 1 milhão para o PSDB de Goiás em 2010, quando o tucano venceu a disputa pelo governo do estado. 

Entre amigos

Assim que foi eleito, Marconi Perillo nomeou o deputado federal Armando Vergílio (PSD-GO) para assumir a Secretaria das Cidades. Vergílio liderava a Superintendência de Seguros Privados (Susep) quando o órgão leiloou o Hotel Nacional para Marcelo Limírio. 

Tags: Armando Vergilio, DEM, demóstenes torres, doações, hypermarcas, marcelo limírio, Marconi Perillo, PSDB, Senador

Compartilhe: