Jornal do Brasil

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018 Fundado em 1891
Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo


Biscaia é a bola da vez

Jornal do Brasil

O quadro pré-eleitoral continua buliçoso. Depois de mudar de feição após a entrada dos deputados Alessandro Molon, Carlos Minc e da velha guarda combativa do PV, o PSB pensa seriamente em lançar na disputa o nome do procurador Antonio Carlos Biscaia, ex-secretário nacional de Justiça e famoso por ter levado os bicheiros do Rio para a cadeia, ao lado da juíza Denise Frossard. “Essa idéia existe, mas até o momento Biscaia não disse nem que sim nem que não” diz deputado Carlos Minc. Na visão do PSB, o partido tem um craque, mas no fundo ainda não decidiu em qual posição ele irá jogar. Há um receio de se repetir a história de Joaquim Barbosa, que acabou desistindo da candidatura. A novidade animou até gente de outros partidos, de parte do PT (de onde veio Biscaia) até  no PDT, cujo presidente, Carlos Lupi, acredita que o já conhecido namoro entre PDT e PSB deve terminar em casamento. “A questão da aliança nacional com o PSB caminha bem e acredito que até o dia 30 teremos alguma decisão”, diz Lupi. “O PSB trabalha o nome do Biscaia, que é um bom quadro, mas dependendo das alianças pode ser desde um bom nome para o senado como também para governador ou vice”. Até o fim das convenções, como se vê, a perspectiva é de fortes emoções.

Inovação

A Finep vai investir R$ 90 milhões para criar ou consolidar empresas inovadoras em todo o Brasil. A financiadora vai selecionar agentes estaduais para atuar em parceria na descentralização dos recursos, que serão disponibilizados em forma de subvenção (sem precisar devolvê-los nem vender participação). Com a iniciatva, a Finep pretende estimular a criação de empresas de base tecnológica com faturamento anual bruto de até R$ 4,8 milhões, além de consolidar empresas com faturamento anual de até R$ 16 milhões.

Vesti azul

Os uniformes azuis da Seleção continuaram sendo os mais vendidos, principalmente após o último jogo contra a Costa Rica. Nada de política, segundo os mais supersticiosos, o azul deu sorte. 

“Eu sou Spartacus”

Arguta observação do vereador Renato Cinco, que não é escoteiro mas está sempre alerta: “Um repórter da TV Globo chamou Spartacus de “guerreiro romano de um filme famoso”, espantou-se Cinco. “Queria poder dizer que é melhor ouvir isso do que ser surdo, mas sou meio surdo E ouvi isso.”

Tup tup tup tup...

O secretário de segurança, general Richard Nunes, disse ontem em reunião do Conselho de Segurança Pública que o uso de helicópteros em operações das polícias já estava no seu radar desde antes da morte do estudante Marcus Vinicius. Aos líderes comunitários e policiais que fazem parte do órgão ele informou que já está em andamento um “protocolo tático-operacional para nortear o emprego de helicópteros em comunidades” até o fim de julho.

Respeita as mina!

De agora em diante a carteira de identidade profissional emitida pelos Conselhos Regionais de Enfermagem (Corens) distinguirá o gênero do inscrito, se enfermeira ou enfermeiro, técnica ou técnico. Antes, “marias” ou “josés” recebiam o mesmo tratamento, no masculino: enfermeiro e técnico  de enfermagem. A decisão foi do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen).

Assim é covardia

A coluna assistiu, pasma, à entrevista de Manuela D´Ávila, no Roda Viva da TV Cultura. Entrevista não, linchamento. Colocar um coordenador da campanha de Bolsonaro e um membro do MBL no lugar de jornalistas seria semelhante a escalar o João Pedro Stédile e o Luiz Eduardo Soares para entrevistar o Geraldo Alckmin. Pega eles, Laurinha!

LANCE LIVRE

Amanhã às 15h, o SOS Brasil Soberano promove mais um “Soberania em Debate” dos bons, com o Guilherme Estrella e Luiz Antonio Elias, que falarão sobre a imensa rede que a Petrobras borda e as consequentes perdas com o seu “enfraquecimento”. 



Tags: bolsonaro, informe jb, manuela d'ávila, minc, molon, renato cinco

Compartilhe: