Jornal do Brasil

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Heloisa Tolipan

www.heloisatolipan.com.br

Seal diz que Oprah Winfrey sabia dos casos de assédio de Harvey Weinstein

Em suas redes sociais, o músico compartilhou imagens da apresentadora ao lado do produtor

Karina Kuperman

O discurso de Oprah Winfrey ao ganhar um troféu pelo conjunto da obra no Globo de Ouro emocionou a plateia e gerou comoção internacional, tendo sido replicado em vários sites. Mas, agora, a fala da apresentadora está no centro de uma polêmica. Depois de muita especulação de que o discurso teria sido o primeiro passo para uma possível candidatura de Oprah à presidência americana, o cantor Seal postou duas fotos da apresentadora ao lado de Harvey Weinstein e, na publicação, insinuou que ela já sabia das acusações de assédio sexual contra o produtor. “Quando você faz parte do problema há décadas, mas de repente, todos pensam que é parte da solução”, disse ele. “Ah, eu me esqueci…Você ouviu os rumores, mas não tinha ideia que ele estava realmente assediando em série jovens atrizes, que, por sua vez, não tinham a mínima ideia em que estavam se metendo. Sinto muito”, escreveu na legenda da postagem.

A foto postada por Seal
A foto postada por Seal

Após uma grande repercussão nas redes sociais, Seal publicou um vídeo, explicando a história. “Tenho um enorme respeito por tudo que a Oprah conseguiu e contribui durante a sua vida. O que eu postei não era um ataque diretamente à ela. Era um comentário sobre o comportamento hipócrita e controverso de Hollywood”, afirmou. Ele lamentou, ainda, o fato de que "não houve ainda justiça" para com as mulheres abusadas. "Perder o emprego porque violou, assediou ou abusou de uma mulher não é um castigo sério", disse.

Tags: abusou, americano, assédio, candidatura, cantor, discurso, estados unidos, globo de ouro, harvey weinstein, karina kuperman, oprah winfrey, presidência, problema, publicação, seal, sexual, solução, violou

Compartilhe: