Jornal do Brasil

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Heloisa Tolipan

www.heloisatolipan.com.br

Secretário de Educação do Rio critica Taís Araújo: "Idiotice racial"

Cesar Benjamim disse, ainda, que o racismo é "uma invenção americana"

Karina Kuperman

No dia da Consciência Negra, o Secretário Municipal de Educação do Rio, César Benjamin gerou polêmica ao usar seu perfil nas redes sociais para dizer que o racismo é uma “criação dos Estados Unidos”. No post, ele citou como exemplo a recente palestra que a atriz Taís Araújo fez no evento TEDXSão Paulo, em que disse que a cor de seu filho "faz com que as pessoas mudem de calçada". "Qualquer idiotice racial prospera. A última delas é uma linda e cheirosa atriz global dizer que as pessoas mudam de calçada quando enxergam o filho dela, que também deve ser lindo e cheiroso”, disse ele, que escreveu que "continua detestando a racialização do Brasil". 

"Nossa maior conquista — o conceito de povo brasileiro — desapareceu entre os bem-pensantes. Vocês replicam essa idiotice. Se os brasileiros mudassem de calçada quando vissem uma pessoa morena ou negra, viveriam em eterno ziguezague", disse.

Em comentários, muitos internautas protestaram contra o Secretário e um deles lembrou o caso do ator negro que foi espancado por assaltantes após ter ajuda negada por seguranças do metrô em São Paulo. "Sim. No mesmo momento, em algum lugar, um branco também apanhava injustamente num país que vive em guerra civil não declarada. Um homossexual também. Um heterossexual também. Uma mulher também. Um homem também. Um idoso e um jovem também", afirmou.

Tags: atriz, cesar benjamin, heterossexual, homossexual, internautas, karina kuperman, negro, palestra, racismo, secretário, taís araujo

Compartilhe: