Jornal do Brasil

Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

Heloisa Tolipan

www.heloisatolipan.com.br

Fogos, youtubers e "Heal the world" encerram Digital Stage do Rock in Rio

O último dia do Digital Stage contou com brincadeiras, hipnose, rock, pop, rap e funk

Emocionante pode ser a palavra que descreve o fechamento da primeira edição do Digital Stage no Rock in Rio. O que começou com tímidas apresentações terminou com Rodrigo Teaser pela segunda vez no palco trazendo efeitos e música de qualidade para o público. “Boa noite, Rock in Rio! E pensar que estou falando isto pela segunda vez esta semana. A última foi o dia mais emocionante da minha vida. Me pediram para voltar agora e estou podendo reviver aquela sensação maravilhosa de novo”, contou o rapaz que homenageia Michael Jackson desde que tinha 9 anos. No show que fez em tributo ao rei do pop, ele passeou por clássicos como Bad, Billie Jean e fechou com Heal The World. Como o show acabou às 7 horas da noite, a música que pede um mundo melhor foi tocada ao mesmo tempo em que os fogos do festival abriam o palco Mundo o que deixou tudo ainda mais simbólico.  Neste momento os youtubers que haviam se apresentado na noite puderam subir pela última vez no cenário para se despedir. “Michael, isto foi para você”, gritou com lágrimas nos olhos enquanto apontava e olhava para o céu.

O outro cover da noite foi liderado por Thayná Bitencourt. A jovem loura cantou clássicos nacionais que já passaram pelo Rock in Rio como Barão Vermelho, Capital Inicial e Jota Quest. Para finalizar, ainda trouxe uma canção que ela mesma compôs. “Quero pedir licença para tocar uma autoral. Ela é em formato de sertanejo porque é o meu gênero musical e fala sobre uma dor de cotovelo. De qualquer forma, estou muito feliz de estar aqui tocando outro estilo. Que tal cantarmos juntos o refrão da minha composição?”, pediu Thayná que foi retribuída com um coro. A voz grave da menina trouxe vários aplausos na platéia com direito a um pedido de bis que foi retribuído com a música Pais e Filhos da Legião Urbana.

Além de pop e sertanejo, o Digital Stage abriu espaço para a galera que curte o rap. O dono desta responsabilidade foi ninguém mais ninguém menos que Mussoumano, um dos maiores canais do estilo no YouTube. Com quase seis milhões de inscritos na plataforma, o cantor se apresentou com a voz rouca e mesmo assim conseguiu levar o show até o fim. “Rapaziada, desculpa pela minha voz, estou dando o meu melhor, dando o meu sangue. O Rock in Rio também é rap”, gritou o cantor que veio de Floripa para se apresentar no evento.

É claro que no último dia do festival não podia faltar a coreografia do FitDance, grupo residente do Digital Stage. Os membros do time resolveram inovar convidar cinco pessoas da platéia para dançar com eles o hino do Rock in Rio. “Vamos fechar juntos este dia com chave de ouro”, incentivou o dançarino Damasio Fernandes. O conjunto ficou conhecido por trazer músicas do pop e funk para o palco.

Outro residente foi o mágico Pyong Lee. O coreano também se apresentou nos sete dias de evento e proporcionou a experiência da hipnose para três voluntários da platéia. “Hipnose é um estado natural da mente, todo mundo pode passar por isto basta querer e seguir as minhas ordens. Quando estamos vendo um filme também sentimos o transe”, contou. Em seu canal ele já fez diversos artistas como Anitta e Eliana esquecerem seus nomes e verem coisas que não estão de fato acontecendo, algo parecido com o que ele executou no palco.

O blogueiro Felipe Castanhari deixou para aparecer no Digital Stage no mesmo dia do Red Hot Chili Peppers. “Me guardei para este dia, sou muito fã da banda”, comentou o rapaz que possui um canal com cerca de dois milhões de inscritos. Ele foi o responsável por trazer a risada das pessoas em jogos divertidos como charadas e cantar a abertura de desenhos antigos como Cavaleiros do Zodíaco e Pokemón. Os convidados da tarde foram Gusta, Malena, Damiani e Pyong.

O clima descontraído voltou com o trio Barbixa, que possui mais de dois milhões de inscritos. Na apresentação eles compararam a melodia de músicas famosas do rock de artistas como Bon Jovi e Aerosmith com axé e sertanejo. “Todo o rock’n roll é axé”, comentou Daniel Nascimento. O grupo subiu duas vezes no mesmo dia no palco com apresentações muito similares de apenas dez minutos.

Tags: apresentações, barbixa, damiani, daniel nascimento, digital stage, felipe castanhari, fogos, gusta, heal the world, malena, mussoumano, pyong, rock in rio, rodrigo teaser, shows, thayna bitencourt, youtuber

Compartilhe: